Fase Emergencial altera jogos do NBB

Equipe de Mogi venceu o Campo Mourão por 96 a 79
Equipe de Mogi venceu o Campo Mourão por 96 a 79 - FOTO: Antonio Penedo/Mogi Basquete

A criação da Fase Emergencial pelo governo do Estado de São Paulo também gerou mudanças na participação do Mogi Basquete no Campeonato do Novo Basquete Brasil (NBB). O time, que antes enfrentaria o Flamengo em São Paulo, disputará o jogo na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro, no Ginásio do Maracanãzinho, por decisão conjunta da Liga Nacional de Basquete (LNB).

O Conselho de Administração da LNB realizou na manhã de ontem uma reunião com os 16 clubes que optaram pela alteração de oito dos 13 jogos da próxima semana. Estas disputas estavam previstas para serem realizadas em São Paulo, entre os dias 15 e 18 deste mês.

Isso porque, a partir de segunda-feira, as medidas de prevenção contra o coronavírus (Covid-19) vão se tornar mais rígidas. A mudança de todo o Estado de São Paulo para a Fase Emergencial deve ser seguida até o dia 30.

Apesar da alteração próxima à data do jogo, o departamento da LNB reforçou que as mudanças não vão interferir na conclusão da fase regular do NBB, que está prevista para 6 de abril.

Ainda ontem, o Mogi Basquete garantiu que está seguindo todos os protocolos exigidos pelas autoridades para participar das competições e realizar os treinos. "A equipe já fez mais de 30 testes para Covid-19 desde setembro. Tivemos apenas três casos confirmados (dois jogadores e um integrante da comissão) até o momento".

A competição nacional do NBB, que é organizada pela LNB, está no final da fase regular e vem sendo feita em sedes. Mogi das Cruzes, inclusive, foi a maior delas, com 54 jogos. Além de São Paulo, o campeonato já teve partidas no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Brasília.

Vitória

Na última quarta- feira, o Mogi Basquete enfrentou o Campo Mourão às 20 horas e venceu com uma pontuação de 96 contra 79 do time paraense. Com a vitória, o time se mantém na 9° colocação na tabela, com 13 triunfos em 25 jogos.

A equipe do técnico Jorge Geurra, o Guerrinha, dominou a partida desde o início, vencendo os dois primeiros quartos, com parciais de 24 a 12 (1º) e 27 a 24 (2º). Depois do intervalo, o jogo ficou mais equilibrado e o time do Paraná levou a melhor por 28 a 19, no terceiro, mas no último o Mogi Basquete fez 26 a 15 no placar e sacramentou a vitória.

Deixe uma resposta

Comentários