Secretaria de Educação segue sem mais mudanças na pasta

Com saída de Rose, pasta está sendo comandada pelo adjunto Caio Callegari
Com saída de Rose, pasta está sendo comandada pelo adjunto Caio Callegari - FOTO: Divulgação

A Secretaria de Educação de Mogi das Cruzes informou na tarde de ontem que, embora tenham ocorrido mudanças no comando da pasta no início da semana e a instituição de regras mais rígidas com os decretos municipal e estadual de combate à pandemia, não ocorreram mais mudanças na aplicação das políticas públicas, ou indicação da pessoa que substituirá Rose Tonete como secretária titular.

Questionada pela reportagem, a pasta municipal de Educação informou que após a exoneração da secretária Rose Tonete, não ocorreram novos desligamentos da pasta, nem que houveram mudanças nas diretrizes. "A equipe de liderança da Secretaria de Educação, formada pelo secretário interino Caio Callegari, a diretora do Departamento de Divulgação e Publicações Educacionais Márcia Cardoso e a diretora do Departamento Pedagógico, Andréa Souza, realiza um trabalho coeso conforme as diretrizes da atual gestão", informou.

Em relação ao programa de retomada gradual das atividades presenciais, que chegou a ser apresentado no mês de janeiro após debates com gestores da educação e as famílias dos alunos, a Administração Municipal informou que o planejamento segue em andamento com as atividades tanto do grupo "Brigada da Pandemia na Educação" quanto o comitê gestor de retomada das atividades econômicas local. "É importante destacar que o programa é revisto constantemente devido às adequações necessárias a este momento grave que atinge não só Mogi das Cruzes como todo o Brasil", apontou a pasta.

Em relação às atividades pedagógicas, a Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que todo o programa educacional está sendo feito de maneira remota, e que na última semana as escolas públicas e privadas puderam realizar, durante a Fase Vermelha, apenas atividades administrativas essenciais, como a entrega de kits-alimentação e material didático e escolar, bem como ações de manutenção da infraestrutura. "Somente os funcionários necessários para a realização das atividades essenciais estiveram presencialmente nas escolas públicas e privadas. Os demais funcionários, incluindo todos aqueles do grupo de risco, ficaram em teletrabalho", concluiu a gestão municipal.

O desligamento da secretária de Educação foi comunicado no final da tarde de terça-feira, por meio de uma nota da Prefeitura de Mogi das Cruzes. No comunicado, foi apontado que Rose Tonete deixou a pasta "Por motivos pessoais". Até o momento, não foi definido quem irá substituí-la no comando da pasta, que segue sobre o comando interino de Caio Callegari.

Nas redes sociais, o prefeito Caio Cunha desejou boa sorte à ex-secretária que deixou o cargo recentemente. Ele a chamou de "pequena gigante" afirmando que poucas pessoas tem coragem de tomar decisões difíceis. Raras são as pessoas que tem a grandeza de abrir mão de um desejo pessoal para pensar na família: "A nossa sempre secretaria Rose Tonete é gigante. Estamos juntos, lindona", escreveu.