Sistema drive-thru na região central começa a valer hoje

As medidas passam a valer a partir desta terça-feira e abrangem ruas do centro
As medidas passam a valer a partir desta terça-feira e abrangem ruas do centro - FOTO: Divulgação

A Prefeitura de Mogi das Cruzes adotou uma série de ações nas vias da região central para auxiliar os comerciantes a realizar suas vendas pelo sistema drive thru, que é permitido pelas regras de restrição para o enfrentamento da pandemia de Covid-19. As medidas passam a valer a partir desta terça-feira (16/03).

Em todos os locais onde será implantado o sistema drive thru, a venda deverá ser feita por algum canal eletrônico (telefone, internet ou redes sociais). O comerciante fará a entrega do produto no veículo do consumidor. Não é permitido que o comprador desça do automóvel, que deve permanecer ligado e com o pisca-alerta acionado.

Os detalhes foram discutidos em duas reuniões realizadas nesta segunda-feira (15/03), entre representantes das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico e de Transportes, da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) e do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomércio).

Nos calçadões das ruas Doutor Paulo Frontin e Doutor Deodato Wertheimer será permitida a circulação dos veículos dos consumidores para o sistema drive thru. A Prefeitura fará a liberação do trânsito, enquanto os comerciantes organizarão o sistema, que poderá ser feito em um dos lados das vias. Para circulação nestas vias e a parada no drive thru, é importante que os motoristas mantenham o pisca-alerta acionado.

Já na rua Professor Flaviano de Melo, será permitida a circulação de veículos no trecho a partir da rua Braz Cubas, onde há restrição de trânsito durante o dia. No entanto, nesta via não será possível a realização de drive trhu.

Outra novidade a partir desta terça-feira será um projeto piloto em 81 vagas de estacionamento controlado na rua Barão de Jaceguai. A tarifa só não será cobrada quando o motorista estiver fazendo algum tipo de retirada de compra por drive-thru. A parada poderá ser feita por no máximo 10 minutos, é necessário que o condutor esteja no carro, com o veículo ligado e o pisca alerta acionado.

A medida será analisada pela Secretaria Municipal de Transportes e poderá ser adotada em outros locais da cidade, sem prejuízo à rotatividade de vagas de estacionamento.

As vagas de carga e descarga, que possuem horário de operacionalização, passarão a funcionar por 24 horas.

Todas as informações também estarão disponibilizadas pelo aplicativo Waze.

As medidas para facilitar a operacionalização do sistema de drive thru para os comerciantes fazem parte de uma série de ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para apoiar o setor no município. O trabalho faz parte do Plano de Cooperação Econômica e também engloba ações como o estímulo às vendas por meios eletrônicos, principalmente pela plataforma Vetrina, criada em Mogi das Cruzes e que está à disposição do empreendedores. Nos últimos 15 dias, mais de 100 lojas da cidade aderiram à ferramenta, que permite a exposição de produtos de forma eficiente para facilitar as vendas.