GCM de Itaquá participa de ação contra as drogas

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Itaquaquecetuba auxiliou, ontem, a Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) de Mogi das Cruzes em uma grande operação contra o tráfico de drogas na região. O objetivo foi cumprir mandado de busca e apreensão em diversas residências. A operação contou ainda com a participação do canil da Guarda de Itaquá.

Com 16 guardas municipais em sete viaturas empenhadas na ocorrência, Itaquá trabalhou em conjunto com a Polícia Civil nesta operação. Foram realizadas buscas em 29 locais de possíveis armazenamento de drogas e armas, nas cidades de Itaquá, Santa Isabel e Mogi das Cruzes. A GCM de Itaquaquecetuba auxiliou a operação que contou com aproximadamente 120 policiais civis, além da Polícia Militar e Guarda Civil de Mogi, além dos canis de Suzano e Itaquá.

Ao todo, a Polícia Civil prendeu nove pessoas em flagrante, envolvidas com o tráfico e guarda de armas. Havia mandado de prisão para oito pessoas, mas no decorrer da ação, descobriu-se que um bandido já havia morrido em outras circunstâncias e outro conseguiu fugir, porém em uma das casas, em Santa Isabel, foram encontradas três pessoas que mantinham armas em casa e foram presas em flagrante.

O secretário de Segurança, Anderson Caldeira, ressaltou que o Sistema Único de Segurança Pública tem como uma das condutas a articulação e a cooperação entre órgãos de segurança. Neste sentido, a GCM de Itaquaquecetuba participou desta operação. "Foi um trabalho de inteligência da polícia judiciária, com o apoio forte e ostensivo da nossa guarda, de forma histórica, que acabou e um resultado muito", destacou Caldeira.