74 estabelecimentos recebem notificações

No primeiro dia da Fase Emergencial do Plano São Paulo foram registradas 74 notificações e dez autuações a estabelecimentos que descumpriram as regras das novas restrições. Somente em Ferraz de Vasconcelos, na última segunda-feira foram somadas 71 delas, de acordo com as informações da Prefeitura.

A Guarda Civil Municipal (GCM) notificou um estabelecimento que estava descumprindo as medidas sanitárias e funcionando fora do horário permitido. Apesar de não ter sido identificada aglomeração no local, as pessoas presentes estavam sem máscaras. Não houve multas relacionadas à circulação de pedestres depois das 20 horas na cidade.

Já por parte da Vigilância Sanitária de Ferraz, houve 70 notificações dez autuações a comerciantes que estavam funcionando de forma irregular frente às novas orientações da Fase Emergencial. "Os bairros onde mais notificações foram registradas foram no Centro, Santo Antônio, Sítio Paredão, Parque São Francisco, Jardim Bela Vista, Vila Maria Rosa, Vila Margarida e Cidade Kemel", acrescentou a Prefeitura.

Ainda na segunda-feira, a Secretaria de Segurança de Mogi das Cruzes registrou três notificações a estabelecimentos por desrespeito às regras de restrição social.

Em Suzano, Poá e Itaquaquecetuba não foram registradas notificações e autuações. No entanto, a reportagem observou pela manhã que algumas lojas não essenciais localizadas na região central estavam funcionando irregularmente, sendo que algumas atendiam apenas na porta. O Departamento de Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Suzano garantiu que está atuando nas ruas diariamente e todos os estabelecimentos flagrados funcionando de forma ilegal são notificados.