Começa hoje a funcionar 30 novos leitos no Dr. Arnaldo

Os novos leitos que estão prontos para funcionar e receber pacientes do Alto Tietê
Os novos leitos que estão prontos para funcionar e receber pacientes do Alto Tietê - FOTO: Divulgação/Secop

A Secretaria de Estado da Saúde informou no início da semana que está programado para começar hoje o processo de instalação de 30 novos leitos para atendimento a pacientes de Covid-19 para a região, sendo 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 de enfermaria. A vinda dos novos leitos, aguardada desde o início do ano e prometida pelo governo do Estado no início da Fase 1 (Vermelha) do Plano São Paulo, pode ajudar a desafogar a situação na região do Alto Tietê.

A vinda dos leitos do Pezzuti faz parte de um compromisso do secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, feito aos prefeitos da região com o aumento de novos casos, internações e óbitos por Covid-19 em São Paulo. No total, serão encaminhados mais 20 leitos de UTI para o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba e mais 30 leitos (nos mesmos moldes do Pezzuti) para o Hospital das Clínicas de Suzano.

O pedido de abertura de novas vagas vem sendo feito por prefeitos da região desde o ano passado, e foi intensificado no início deste ano com a nova gestão do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).

Em Mogi das Cruzes, a Secretaria de Saúde informou que todos os leitos de UTI de hospitais públicos e privados, tanto municipais quanto estaduais, estavam ocupados com pacientes, incluindo os nove leitos de UTI disponibilizados pela Santa Casa de Misericórdia na última sexta-feira. Na oferta de leitos de enfermaria, apenas 34 de um total de 226 estão livres em toda a cidade.

Em Suzano, a pasta da Saúde informou que a taxa de ocupação média é de 108,06%, tendo 67 dos 62 leitos disponíveis ocupados. No detalhamento das ocupações, 75% das vagas de UTI e 123,80% das vagas de enfermaria contam com pacientes, o que já demonstra fila de espera e superlotação das unidades.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que dos 27 leitos de enfermaria e cinco de emergência nas suas três unidades médicas, a taxa de leitos de enfermaria é de 100% e de emergência é de 98%.

A pasta da Saúde de Poá informou que dos 15 leitos de enfermaria disponíveis na cidade, 93% deles estão ocupados, enquanto que apenas um dos dois leitos de emergência segue livre. "Três pacientes foram transferidos via Central de Regulação de Oferta de Sistemas de Saúde (Cross) na última semana, e não há fila de espera na data de hoje.

Na última sexta-feira, em uma transmissão via internet, a prefeita Priscila Gambale afirmou, em apelo à população, que o Hospital Regional Dr. Osíris Florindo Coelho já estava com 100% dos leitos de UTI indisponíveis.

Segundo dados do governo do Estado de São Paulo por sua plataforma de dados na internet, a Grande São Paulo chegou à taxa de ocupação de leitos de UTI em 90,6% e chegou ao seu pico histórico. A média móvel de óbitos na Região Metropolitana de São Paulo chegou a 309 casos fatais por dia, com uma média de 1.517 novas internações diariamente. Na tarde de ontem, o Estado bateu recorde de mortes.