Motoristas são detidos durante crime ambiental

Veículos e suspeitos foram levados para a delegacia
Veículos e suspeitos foram levados para a delegacia - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano, com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do Departamento de Fiscalização de Posturas, impediu um crime ambiental ontem, no Parque Astúrias, na região de Palmeiras. Os maquinários utilizados foram apreendidos e os motoristas foram encaminhados à Delegacia de Polícia Central para colaborar com as investigações.

GCMs estavam em uma viatura da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) próximo ao bairro quando receberam uma denúncia de movimentação irregular de terra nas proximidades. Chegando ao local, na estrada do Kidani, os guardas avistaram um caminhão e uma retroescavadeira retirando terra do local.

Os agentes impediram que a movimentação continuasse e questionaram os motoristas se eles tinham autorização para atuar no terreno. Os dois indivíduos não souberam responder, portanto foi solicitado o apoio do setor de Fiscalização de Posturas da prefeitura para verificar se a propriedade era pública. Com a confirmação do crime ambiental, a GCM contatou os agentes municipais de Meio Ambiente e apreendeu os veículos.

Os motoristas foram encaminhados ao DP central para colaborarem com a apuração do caso.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, André Chiang, a ação integrada foi essencial para impedir o prosseguimento do delito. "Com o trabalho conjunto, conseguimos fortalecer e ampliar o alcance das medidas de combate aos crimes ambientais em Suzano", ressaltou.