Secretaria de Educação faz balanço do ano de 2020

A Secretaria Municipal de Educação de Mogi das Cruzes apresentou na tarde de ontem em audiência pública online na Câmara Municipal, as ações realizadas no terceiro quadrimestre de 2020. Além das ações do encerramento do ano passado, a Pasta destacou os desafios da atual gestão, como a construção de uma educação segura e de qualidade durante a pandemia da Covid-19.

A Pasta encerrou o ano letivo de 2020 com 47.486 alunos matriculados em 210 unidades escolares, sendo 24.383 em período integral. Cerca de 3 mil servidores atuam na rede municipal, entre o quadro do Magistério e os técnicos. Foram aplicados em 2020 25,94%, referente às receitas resultantes de impostos. No total, ao longo do ano passado, foram investidos, considerando todas as fontes de receita da Secretaria no ano passado,
R$ 410.437.902,93. Os recursos para a merenda escolar, por exemplo, foram 100% empenhados nos kits distribuídos durante o segundo semestre. Já os recursos do PTRF tiveram queda 75% no repasse previsto e as subvenções tiveram retração de R$ 4 milhões.

A plataforma EAD do Crescer também foi destacada com o crescente número de acessos. Cerca de 28.775 pessoas distintas efetivaram 84.744 inscrições em 2020. A Escola de Empreendedorismo e Inovação, dedicada à fomentar o comportamento empreendedor e inovação, também ofereceu cursos online e lives em parceria com o Sebrae.

Foram apresentadas ainda as ações do Pró-Escolar, o trabalho da equipe de Manutenção da Pasta e as ações realizadas pela Divisão de Tecnologia de Informação, como as inscrições online para creches e para alunos fora da rede pública, além da rematrícula para 2021. Dentre as ações desenvolvidas pelo Departamento Pedagógico no ano passado, destaque para as videoaulas. Com o novo formato das aulas propiciando maior interação entre alunos e professores em 2021, a parceria com a TV Câmara será retomada com mais uma oportunidade de acesso ao conteúdo pelos alunos, principalmente a parcela de 19% de estudantes sem conectividade.

Na alimentação escolar foram distribuídos 342.632 no segundo semestre do ano passado e foram atendidos 85 alunos com dietas especiais. Sobre a entrega de kits neste mês, devido à gravidade da situação da pandemia do coronavírus, está sendo organizada uma estratégia mais segura para a entrega dos kits.