Arnaldo Pezzuti e HC de Suzano vão receber 90 leitos de Covid

Iniciativa vai garantir mais 30 leito de Unidades de Terapia Intensiva, além de outros 30 de Enfermaria
Iniciativa vai garantir mais 30 leito de Unidades de Terapia Intensiva, além de outros 30 de Enfermaria - FOTO: Emanuel Aquilera

O Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) fez um investimento de R$ 185 mil para custear a instalação de tanques de oxigênio no hospital de gestão estadual, Dr. Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes. A instalação teve início no sábado passado e deve ser finalizada no decorrer desta semana. O objetivo é viabilizar a implantação de leitos para o tratamento do coronavírus (Covid-19)

A iniciativa, em parceria com o governo do Estado, vai possibilitar a abertura de mais 60 leitos no hospital, sendo 30 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 30 de Enfermaria, totalizando 90 leitos na unidade hospitalar destinados ao tratamento do coronavírus (Covid-19)

Além disso, os prefeitos da região solicitaram ao Hospital das Clínicas de Suzano a disponibilização do prédio para a abertura de novos leitos em uma parceria tripartite, envolvendo o consórcio, o hospital e o governo do estadual. A previsão é de que nos próximos dias sejam abertos 20 leitos de UTI e dez leitos de Enfermaria. A unidade já possui 20 leitos de enfermagem em funcionamento.

O presidente do Condemat e prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), destacou o empenho e a união dos prefeitos para a implantação dos novos leitos na região e fez um alerta sobre a importância da união também da população. "O país vive o pior momento da pandemia, com a evolução da doença de maneira muito mais rápida, o que torna maior o índice de internações, sobretudo em UTI. Nas últimas duas semanas nossa região registrou em média 90% de ocupação de leitos. Estamos trabalhando para ampliar nossa capacidade hospitalar e garantir atendimento à população, porém é indispensável que haja a desaceleração da contaminação de novos casos e internações e isso só vai acontecer com o apoio de todos", disse.

"A questão da ampliação dos leitos é emergencial e estamos trabalhando por isso, mas não é esta a solução para a pandemia. Nossas duas principais armas continuam sendo a vacinação, que está avançando nos municípios de acordo com o recebimento das doses, e, principalmente, o distanciamento social, com o uso de máscaras em qualquer ocasião", finalizou o presidente.

Mortes

Nas últimas 72 horas, o Alto Tietê registrou a morte de 38 pessoas em decorrência da Covid-19. Foram três óbitos em Ferraz de Vasconcelos, quatro em Itaquaquecetuba, um em Poá, sete em Suzano, 11 em Santa Isabel e 13 e Mogi.