Consumidor substitui carne por outras opções

Substituição da carne por frango tem sido solução
Substituição da carne por frango tem sido solução - FOTO: Divulgação

Com a alta dos preços de carnes como o colchão mole e o contra filé, o consumo de frango e carnes de porco tem se tornado mais frequente entre as famílias. Isso acontece devido ao baixo custo destas opções utilizadas como forma de substituição, momento em que as pessoas têm adicionado mais linguiças e bistecas nos carrinhos de supermercado.

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou no final do ano anterior que os preços da carne aumentaram em 17,9% ao longo dos 12 meses.

Para a profissional de Recursos Humanos, Denise Barbosa da Silva, o consumo de carnes se modificou nos últimos meses em decorrência do aumento dos preços. "Estamos comprando mais frango e carnes de porco, diminuímos muito a compra de outras carnes. Com o aumento no valor de vários outros setores como a gasolina, acredito que a situação ainda pode piorar", lamentou a moradora de Itaquaquecetuba.

O mesmo afirmou a Graziela Inês da Silva Barbosa, que também está optando pelo frango e as carnes suínas. "Com a pandemia pela Covid-19 que estamos enfrentando ultimamente e também com o atual Governo, acredito que não vamos ter baixa no valor nas próximas semanas e nem nos próximos meses", acrescentou.

Os consumidores que antes desembolsaram de R$30 a R$35 em um quilo de contra filé, hoje chegam a pagar R$50 ou mais em uma quantidade que mal alimenta uma família de quatro pessoas por mais de dois dias.