Mais de 24 mil mogianos já declararam Imposto de Renda

 Expectativa é que 93,7 mil pessoas entreguem a declaração até o final de abril
Expectativa é que 93,7 mil pessoas entreguem a declaração até o final de abril - FOTO: Marcello Casal/JrAgência Brasil

Mais de 24 mil mogianos já declararam o Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) 2021. Faltando pouco mais de um mês de para o encerramento do prazo, em 30 de abril, cerca de 25,8% do total previsto para contribuir este ano em Mogi das Cruzes já prestou contas à Receita Federal. De acordo com o Leão, 93.735 declarações foram emitidas pela cidade no ano passado e a estimativa para 2021 é de que número semelhante de pessoas, com variações de até 2%, deve realizar o processo nos próximos dias.

Entre as cinco cidades mais populosas do Alto Tietê (G5), Mogi é a que possui o maior número de contribuintes, mas ficou em último lugar, considerando o percentual de declarações já enviadas para a Receita Federal este ano. Suzano, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos e Poá já registram taxas superiores a 30%. Atrasados serão multados em 1% sobre o imposto devido ao mês, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do total em débito.

Neste ano, algumas regras anteriores continuam valendo, como a obrigatoriedade da declaração para todos que acumularam rendimentos tributáveis em valores acima de R$ 28.559,70. A novidade é para quem recebeu o Auxílio Emergencial do governo federal no ano passado. Para esse grupo beneficiário, a declaração deverá incluir o benefício, mas apenas para aqueles que somaram rendimentos maiores que
R$ 22.847,76. Com a nova regra, a Receita Federal pretende reaver o valor do auxílio pago indevidamente. Em todo o país, até três milhões de pessoas deverão fazer a devolução.

De acordo com dados divulgados pelo governo federal, entre os dias 1° de março - data inicial do recebimento das declarações - e a terça-feira passada, 24.256 mogianos já se encontravam quites com o Leão, esse total corresponde a 25,8% do estimado de 93.735. Dentro das mesmas três semanas, 37,1% dos contribuintes estimados em Itaquaquecetuba enviaram a declaração, a cidade registra o maior índice percentual do G5. Em números totais, a porcentagem representa 15.181 declarações dos 40.849 aguardados até o final do prazo.

Ainda dentro do grupo das cidades mais populosas, Ferraz de Vasconcelos registrou índice de 33,9% de contribuição, o que significa 8.330 dos 24.524 moradores da cidade que são obrigados a fazer a declaração. Suzano figura nesta lista com 32,1% do total de contribuintes já quites, são 17.012 declarações emitidas dentro de um universo de 52.961 possíveis envios. Na região, Suzano responde pelo segundo maior grupo de pessoas com recursos tributáveis. Por sua vez, Poá informou 31,3%, totalizando 6.543 declarações de 20.877.

*Texto supervisionado pelo editor.

COMPARATIVO 2020 X 2021

Entregue em 2020 Entregue em 2021%
Mogi das Cruzes 93.735 24.256 25,8
Suzano 52.961 17.012 32,1
Itaquá 40.849 15.181 37,1
Ferraz 24.524 8.330 33,9
Poá20. 877 6.543 31,3

Fonte: Receita Federal

Deixe uma resposta

Comentários