Isolamento social em Suzano alcança 49% da população

Número registrado anteontem ainda foi menor do que o domingo retrasado
Número registrado anteontem ainda foi menor do que o domingo retrasado - FOTO: Emanuel Aquilera

Suzano marcou elevação no isolamento social neste domingo e alcançou 49%, superando o relatado na semana passada. Dentro da fase emergencial do Plano São Paulo pela segunda semana seguida, a cidade começou a registrar taxas mais positivas. Ainda assim, o isolamento continua abaixo do recomendado pelo governo do Estado para ajudar a conter a pandemia de coronavírus (Covid-19). Os dados foram disponibilizados pelo Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo (Simi).

Os finais de semana em Suzano são os dias de maior respeito às medidas de restrição. O domingo, em especial, dia de folga para maioria, marca os índices mais elevados de isolamento social desde que as taxas começaram a ser medidas, em fevereiro do ano passado, por meio de uma parceria do governo do Estado com as operadoras de telefonia celular.

O segundo domingo da cidade na fase emergencial do Plano SP, no entanto, não superou as expectativas e ultrapassou em apenas um ponto percentual o que havia sido registrado no domingo anterior. Na ocasião, a cidade havia marcado o maior índice de isolamento do ano desde 3 de janeiro. A alta, no entanto, está abaixo dos 60% recomendados pelo governo do Estado como ideal.

A população também já teve um comportamento mais rigoroso em relação às medidas de restrição no passado, quando a cidade se encontrava em fases bem menos severas e o número de internações e óbitos era menor. Em agosto do ano passado, dentro da fase amarela do Plano SP, a cidade chegou a marcar índices similares ao do último domingo. Antes disso, no começo da pandemia, superou por diversas vezes a marca de 60% entre o meses de março e maio do ano passado.

G5

Cidades vizinhas que compõem o conjunto dos cinco municípios mais populosos do Alto Tietê (G5), como Mogi também relataram taxas similares a de Mogi. O domingo passado alcançou 50% e ficou abaixo dos 51% da semana anterior. Mesmo em uma fase mais severa imposta pela Prefeitura de Mogi, Mogi não ficou muito acima dos índices apresentados pelas demais cidades da região.

Itaquaquecetuba também superou em um ponto percentual o que havia comunicado na semana passada. Com 49% da população respeitando o isolamento social neste domingo, a cidade supera também o que costuma marcar nos dias úteis da semana, quando, entre segunda e terça-feira, chega a registrar índices entre 30 e 35%.

Mais da metade da população de Ferraz de Vasconcelos se preservou neste final de semana. Com uma taxa de 51% neste domingo, o isolamento só ficou atrás do domingo anterior quando 53% havia sido informado.

No G5, Poá marcou o pior índice. Com apenas 44% da população em casa, a cidade superou o que o Simi indicou na semana passada em um ponto percentual. l.

*Texto supervisionado pelo editor.

 

Deixe uma resposta

Comentários