Prefeitura e PM enceram festa clandestina em Suzano

A Secretaria de Segurança Cidadã de Suzano, acompanhada da Polícia Militar e de setores de fiscalização da prefeitura, encerrou na tarde de ontem uma festa clandestina com aglomeração que estava sendo realizada às margens da estrada dos Fernandes, no bairro Chácara Sete Cruzes. No local, pelo menos 120 pessoas foram flagradas festejando, todas sem máscaras. O prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) acompanhou pessoalmente toda a operação.

Foi por meio do monitoramento online, nas redes sociais, que a pasta descobriu a realização do evento, marcado para ser realizado às 16 horas desta segunda-feira. Com apoio das forças policiais, da Vigilância Sanitária e do Departamento de Fiscalização de Posturas, as equipes deram flagrante no evento, que contava com 120 pessoas e mais de 40 veículos, todos com emplacamento de São Paulo e de cidades da região do Grande ABC.

Segundo informações da Guarda Civil Municipal (GCM), devido à infração, tanto o arrendatário do espaço quanto o promotor do evento foram notificados e conduzidos posteriormente à Delegacia de Polícia (DP) Central. O local, já interditado pela prefeitura, não tinha documentos de licenciamento nem alvará de funcionamento, o que acarretou na aplicação de uma multa que pode chegar até R$ 1 mil.

De acordo com a Vigilância Sanitária de Suzano, o proprietário também deverá ser multado por desrespeito ao decreto municipal nº 9.569/2021, que segue as determinações do Plano São Paulo. A multa, neste caso, pode chegar a até R$ 80 mil. O major PM Alexandre Zakir, agradeceu a Prefeitura pela parceria. "Nosso objetivo é cessar esses tipos de eventos. E, ao tomarmos conhecimento da festa, viemos com a GCM para interditar o local e evacuar o espaço, que contava com dezenas de famílias. A operação foi um sucesso e agradeço o prefeito Rodrigo (Ashiuchi) pelo apoio", contou o militar. A ação contou com a participação de 20 agentes da Guarda, 11 policiais militares e dez viaturas de ambas as corporações.

Por fim, o prefeito Rodrigo Ashiuchi agradeceu o empenho de todos, enaltecendo a força da GCM e da PM, bem como os demais órgãos envolvidos. "Estamos vivendo um dos piores cenários da pandemia e é triste ver essa exposição, tendo idosos e crianças em festividades com aglomeração. É preciso reter aqui para que possamos ter um 'alívio' na outra ponta, que são os atendimentos dos profissionais da saúde e as internações de pessoas infectadas pelo vírus. Agradeço mais uma vez pela operação, que trouxe bom resultado", concluiu o chefe do Executivo.