GCMs de Itaquaquecetuba e Suzano realizam ações após denúncias

Gcm
Gcm - FOTO: Divulgação/AIPMI

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Itaquaquecetuba conseguiu libertar um casal, feito refém em uma tentativa de sequestro, na tarde de anteontem A operação aconteceu enquanto a GCM realizava patrulhamento de rotina no bairro Parque Residencial Marengo.

Na tarde desta segunda-feira, três pessoas que ocupavam um carro fecharam um caminhão de carga, na avenida Gonçalves Dias, fazendo o casal deste veículo refém. A ação foi flagrada por moradores que acionaram a guarda, sob o comando do inspetor Perri e GCM 1º Pachi. Os sequestradores, de Itaim Paulista, na capital, foram presos em flagrantes e encaminhados para a delegacia.

De acordo com o trabalho de análise criminal, elaborado pela seção de operações da GCM, o bairro Marengo desponta com índices de crimes patrimoniais, com isso, o patrulhamento pelas ruas do bairro aumentou, além de reforçar o policiamento em parceria com a Polícia Militar.

Para o secretário de Segurança Urbana, Anderson Caldeira, Itaquaquecetuba sempre manteve alto os índices de criminalidade, mas com o trabalho em conjunto entre Guarda Civil, Polícia Militar e a população, é possível diminuir consideravelmente esse número. "A cidade sempre foi violenta, mas com um trabalho de parceria e inteligência que a Secretaria de Segura Urbana está desenvolvendo, esse índice já caiu bastante, mas continuamos trabalhando forte para zerar a criminalidade em toda a cidade, pois sabemos que a população acredita na Força Azul, da segurança", explicou Caldeira.

Em Suzano, também anteontem, equipes do setor de Bem-Estar Animal e da GCM atenderam a uma denúncia de espancamento de cachorro verificada no Jardim Suzanópolis. A mulher suspeita de cometer a violência foi conduzida Delegacia Central, onde foi detida.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, André Chiang, um vídeo da suspeita agredindo o animal circulou pelas redes sociais e foi apresentado à pasta municipal, que rapidamente articulou uma operação de abordagem à mulher. "A ação ocorreu por volta das 21 horas, contando com o apoio da GCM e do vereador Marcel Pereira da Silva, que acionou a secretaria e acompanhou todo o procedimento", contou.