Itaquá alerta para golpe de aquisição de imóvel

Secretaria de Segurança Urbana de Itaquaquecetuba alerta para golpes que pessoas mal intencionadas estão aplicando. A proposta é a promessa de moradia própria com preços extremamente acessíveis. Um dos casos aconteceu anteontem, no bairro Veraneio Maracanã, mas a Guarda Civil Municipal (GCM) impediu qualquer ação.

A Guarda Civil de Itaquaquecetuba recebeu uma denúncia e, após o deslocamento, avistou uma movimentação de demarcação de loteamento em uma área pública. Durante a abordagem, um dos futuros proprietários, que tem uma filha de 2 anos e outra de 8, contou para a equipe que havia realizado a compra do lote pelo valor de R$10 mil. Neste mesmo local, adquirido por meio de uma suposta advogada, mais de 15 famílias foram enganadas, tendo grande prejuízo.

O secretário de Segurança Urbana, Anderson Caldeira, explicou que há muitos invasores profissionais, que aproveitam a oportunidade na inocência ou simplicidade do pai de família que busca a realização do sonho de ter a casa própria. "Existem alguns invasores que são profissionais. Iludem e tiram dinheiro dessas famílias e depois somem. Não é o primeiro caso que tivemos na cidade. Ainda mais neste tempo de pandemia é muito preocupante este tipo de ação", detalhou Caldeira.

Com o apoio da Secretaria de Serviços Urbanos, a Prefeitura enviou maquinário para remover as estacas do suposto loteamento. O secretário destacou que antes de adquirir qualquer imóvel, é importante verificar na administração municipal se aquele terreno ou imóvel está regularizado. Mas qualquer denúncia pode ser feita pelo número 153, da GCM. Neste caso, a recomendação é realizar o boletim de ocorrência na delegacia mais próxima.