Falta de manutenção geraprotestos há mais de um ano, no Cocuera

Um dos pedidos é o corte do mato nas margens da via
Um dos pedidos é o corte do mato nas margens da via - FOTO: Emanuel Aquilera

Os moradores próximos à Estrada Municipal Fujitaro Nagao, em Mogi das Cruzes, enfrentam dificuldades em transitar pela via há mais de um ano. Além das placas de sinalização danificadas e pichadas, eles sofrem com a falta de corte do mato.

Um dos moradores, Ronaldo Lemes, afirma que está cansado de protocolar reclamações na Ouvidoria da Prefeitura e continuar sem respostas. "Só no ano passado, eu precisei buscar a imprensa por cerca de sete vezes para tentar solucionar o problema. As reclamações diretamente à Prefeitura não funcionaram", lamentou.

Lemes, que também é líder da Associação Amigos do Cocuera e reside na estrada desde 1974, apontou outro problema na via. Segundo ele, não há identificação de quilometragem na estrada, o que dificulta a localização dos motoristas. "A falta da demarcação também é muito preocupante, já que em casos de pedidos de socorro por acidentes as pessoas precisam informar onde estão com seus veículos", acrescentou. Em outras ocasiões, como na compra de remédios ou comidas por aplicativos, a falta de marcação também dificulta as entregas.

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos informou que novos trabalhos de roçada na via estão programados para este mês. "As equipes estão atuando na estrada do Taboão e a do Nagao é a próxima a ser atendida, conforme cronograma", garantiu a Prefeitura.

A Secretaria de Transportes explicou que vai substituir as placas de sinalização que estão em más condições devido à ação do tempo ou a atos de vandalismo, mas não divulgou uma data para a execução do serviço.

 

Deixe uma resposta

Comentários