Após fim do prazo do MP, Naufel não pedirá exoneração do cargo

Acusação é de que Naufel foi vacinado antes do tempo
Acusação é de que Naufel foi vacinado antes do tempo - FOTO: Ney Sarmento/PMMC

Terminou ontem o prazo dado pelo Ministério Público (MP) à Prefeitura de Mogi das Cruzes para a exoneração do secretário municipal de Saúde, Henrique Naufel. A recomendação foi feita no início do mês de março e, segundo seu advogado, não haverá pedido de exoneração por parte do chefe da Pasta.

O apontamento da Promotoria de Justiça do Patrimônio Público do Ministério Público de Mogi das Cruzes recomendou que o secretário municipal se desligasse da administração pública por supostamente receber antes do prazo a vacina contra a Covid-19. Naufel foi vacinado juntamente com os funcionários da Saúde que atuam diretamente no tratamento dos pacientes, no final de janeiro deste ano.

O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode), defendeu o trabalho do secretário de Saúde durante uma transmissão ao vivo na internet no dia seguinte à entrega da notificação. Em seu discurso, o prefeito reforçou que Naufel acompanha de maneira contínua e dentro da rede hospitalar municipal o combate ao novo coronavírus, e que ele estaria apto a receber a dose do imunizante junto com os outros profissionais da Saúde.

Em março, o advogado do secretário de Saúde, Dirceu do Valle, declarou que a recomendação do Ministério Público não se sustentava, uma vez que Naufel, além de ser médico e de acompanhar diretamente os casos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e Enfermarias da rede hospitalar mogiana, tinha sua vacinação amparada por normas estabelecidas tanto pelo Ministério da Saúde quanto pelo governo do Estado de São Paulo.

Questionado pela reportagem se seu cliente havia mudado de opinião, Valle reafirmou que não haverá pedido de desligamento por parte de Naufel. "Como já foi dito, entendendo que o Ministério Público está errado no principal e no periférico, que sem nenhuma razão vai pedir exoneração. Ele já informou isso ao próprio MP", declarou o advogado.

Henrique Naufel assumiu o comando da secretaria de Saúde de Mogi das Cruzes no final de março de 2020, com o início da pandemia da Covid-19, e foi um dos secretários da antiga gestão mantido no cargo em janeiro deste ano pelo novo prefeito. (A.D.)

Deixe uma resposta

Comentários