'Merenda em Casa' beneficiará quase 50 mil alunos na região

No total, serão repassados R$ 2,7 milhões em cada mês para o Alto Tietê
No total, serão repassados R$ 2,7 milhões em cada mês para o Alto Tietê - FOTO: Mogi News/Arquivo

Quase 50 mil alunos da rede estadual de educação vão receber o pagamento mensal de R$ 55 do programa Merenda em Casa, projeto que foi retomado pelo Estado nesta semana e vai durar enquanto as aulas presenciais estiveram suspensas. Neste primeiro repasse, que ocorreu na quarta-feira passada, foram enviados à região cerca de R$ 2,7 milhões.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Educação, em Arujá, 2.543 estudantes serão beneficiados; em Biritiba Mirim, 1.032; Ferraz de Vasconcelos, 4.202; Guarema, 1.067; Itaquaquecetuba, 11.722; Mogi das Cruzes, 12.992; Poá, 3.154; Salesópolis, 574; Santa Isabel, 1.323 e Suzano, 11.833.

As refeições que estão sendo servidas nas escolas estaduais, neste período, continuam disponíveis também aos estudantes contemplados no Merenda em Casa, independente do benefício. Mesmo na fase mais restritiva da pandemia, as escolas estaduais continuam abertas, para que seja servida a merenda escolar, e também para a entrega de materiais e do chip de internet. "Em meio a esta terrível pandemia, o papel social e acolhedor das nossas escolas é cada vez mais importante. Este benefício, aliado à continuidade da merenda servida na escola a estes 920 mil alunos que mais precisam, é um apoio importante no combate à fome, nesta crise", enfatizou Rossieli Soares, Secretário de Estado da Educação.

Os estudantes beneficiados são de famílias que se encontram em situação de pobreza, e, portanto, estão registradas no Cadastro Único de programas sociais. São classificadas desta forma as famílias que possuem renda familiar per capita de até R$ 178 mensais. No ano passado, o Governo de SP pagou nove parcelas do subsídio a 720 mil estudantes e, neste ano, incrementou o número de beneficiados com mais 200 alunos da rede, totalizando os 920 anunciados hoje.

Pagamento

Assim como no ano passado, o pagamento será feito por meio do aplicativo PicPay, sem cobrança de taxa. Não é necessário ter conta bancária ou cartão de crédito. É possível sacar o dinheiro em um caixa eletrônico da rede 24Horas e transferir o valor para outras contas, sem taxa adicional.