Apesar de flexibilização, aulas seguem suspensas

Apesar da liberação do retorno das aulas presenciais pelo governo do Estado, a rede municipal do Alto Tietê deve manter as atividades em modelo remoto. O governador João, Doria (PSDB) anunciou a região voltará à Fase Vermelha na próxima segunda-feira, até o dia 18 deste, já que houve uma leve diminuição das ocupações nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Enfermaria.

Apesar disso, grande parte das cidades que compõem o G5 da região afirmaram ontem que as aulas presenciais em modelo híbrido, da rede municipal, ainda estão em análise. A Secretaria de Educação de Mogi das Cruzes garantiu que as atividades pedagógicas presenciais não são consideradas essenciais no momento. "Informamos que continua em vigor o Decreto Municipal no. 19.917, que dispõe que as escolas podem realizar apenas atividades essenciais, sendo estas as entregas de kits de alimentação e de material escolar", disse.

Na entrevista coletiva sobre os cem dias da administração do prefeito Caio Cunha (Pode), na tarde de ontem, explicou que vai estudar a mudança para a Fase 1 e as atuais restrições para o comércio e prestação de serviços, antes de tomar novas decisões.

Poá relembrou que as aulas estão sendo aplicadas em modo remoto, sem previsão de retorno das aulas presenciais. "Em relação às escolas das redes estadual e privada, as aulas presenciais foram suspensas no município, no início da Fase Vermelha e só retornarão ao término da referida fase", acrescentou.

Em relação à rede municipal de Suzano, não houve mudança nas medidas determinadas desde o início da pandemia da Covid-19. Ou seja, não há previsão de retomada das aulas presenciais.

De acordo com a Secretaria de Educação de Ferraz de Vasconcelos, a data e o sistema para a volta às aulas presenciais ainda está sendo analisada e será divulgada em breve. O mesmo informou ontem a Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Itaquaquecetuba.

Restrições e liberações

Com a retomada à Fase Vermelha, o governo do Estado também aceitou os novos protocolos elaborados pelo Ministério Público Estadual e pela Federação Paulista de Futebol, liberando a retomada do Campeonato Paulista. Segue vetado o funcionamento de bares, restaurantes, academias e salões de beleza, além de celebrações religiosas presenciais.

Nesta Fase Vermelha segue mantido, ainda, o toque de recolher das 20 às 5 horas.