Secretaria faz busca ativa por 'evasão' de estudantes

Cerca de 500 alunos tem dificuldades com o sistema
Cerca de 500 alunos tem dificuldades com o sistema - FOTO: Divulgação/PMMC

Cerca de 500 alunos da rede municipal de Mogi das Cruzes têm dificuldades em acessar as atividades dispostas na plataforma digital e deixaram de acompanhar as aulas remotas. Para que eles retornem às tarefas escolares, a Secretaria Municipal de Educação iniciou neste mês o processo de busca ativa por estes alunos.

Em suas redes sociais, o secretário adjunto de Educação de Mogi, Caio Callegari, anunciou que entre os dias 15 e 19 do mês anterior foi iniciado o processo de busca ativa pelos anos da rede municipal. A ação tem ocorrido com o engajamento das equipes gestoras das escolas, sob a coordenação da Supervisão de Ensino.

"Há em média 500 alunos que estão com dificuldade em acessar as atividades e ainda não foram encontrados", afirmou a Secretaria Municipal de Educação. A Pasta está realizando uma força-tarefa, que já teve início de maneira intersetorial, com o diálogo com a Assistência Social para fazer o contato com as famílias, que já foram identificadas e, assim, garantir que retornem para a escola.

A Assistência Social prestou apoio dentro deste trabalho a partir de consultas em seu sistema, com o intuito de alcançar pessoas que não puderam ser localizadas pela Secretaria Municipal de Educação.

"A Secretaria de Educação tem estabelecido parceria entre secretarias e demais órgãos para mitigar essas dificuldades e assim garantir o ensino a todos, mesmo em contexto remoto", apontou a Pasta. Os problemas de conexão e acesso à internet e a dificuldade das famílias em conciliar o trabalho com as aulas dos estudantes que necessitam de tutoria são os principais empecilhos.