Cipec é convidado para o Comitê Gestor de Mogi

O Comitê Integrador e Participativo de Enfrentamento às Consequências do Covid-19 (Cipec) se reuniu virtualmente, ontem, com o prefeito Caio Cunha (Pode), com a vice-prefeita Priscila Yamagami (Pode) e o secretário municipal de Desenvolvimento Gabriel Bastianelli, para apresentar as propostas de apoio e parceria com a administração municipal. Durante o encontro, Cunha propôs que representantes do Cipec sejam incluídos no Comitê Gestor do Coronavírus da Prefeitura.

A proposta do Cipec é auxiliar Mogi na tomada das ações e medidas que possam minimizar os impactos do coronavírus (Covid-19), buscando soluções que beneficiem a população e os setores econômicos. "Com uma só voz queremos apoiar e ir ao auxílio da administração municipal com agilidade. Queremos trazer demandas que sejam proveitosas para o comércio, indústria, agricultura, enfim, para todos os setores", ressaltou o porta voz do Cipec, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi e Região (Sincomércio), Valterli Martinez.

Durante o encontro, o prefeito destacou que a união do poder público com as entidades é importante para encontrar soluções. "Em um momento tão delicado de administrar uma cidade em meio de uma pandemia, contar com a boa vontade e a disposição de quem quer ajudar a discutir a cidade, isso para gente é muito valoroso", acrescentou.

"Faz todo o sentido trabalhar juntos em prol da nossa cidade, acredito que essa é a única forma de poder governar, precisamos unir forças e lutar contra esse vírus de forma inteligente, estratégica, perspicaz e ágil", reforçou a vice-prefeita.

Ações

O comitê criará um grupo técnico, a partir das entidades que atuam no grupo, pois muitas contam com informações advindas de federações e outros organismos. O objetivo é desenvolver uma base com dados estatísticos e científicos, que auxiliarão na tomada de decisões e serão compartilhados com a administração municipal.

Pelo perfil das entidades que compõem o Cipec, a ideia é estender a atuação para outras cidades do Alto Tietê, pois as características da região demandam uma ação conjunta para promover uma retomada econômica regionalizada, além da gestão do sistema de saúde.

Nos próximos dias, o comitê entrará em contato com as prefeituras dos municípios vizinhos para apresentar o grupo e propor parcerias. O Cipec entrou em contato com a Câmara de Mogi e aguarda uma data para uma reunião. Atualmente, o grupo conta com a participação de 15 entidades que atuam em Mogi e no Alto Tietê.