Fundo Social convoca instituições para cadastro

O Fundo Social de Mogi das Cruzes convoca todas as instituições sociais do município a entrarem em contato com o órgão e atualizarem seus dados cadastrais ou então se cadastrarem no sistema. O objetivo desse trabalho é traçar um perfil atualizado dessas organizações e, a partir disso, definir de forma assertiva como atendê-las com ações e programas adequados à realidade de cada uma.

A partir dessa base atualizada de dados, as instituições poderão ser contempladas com diversas ações, desde doações pontuais de mantimentos, por exemplo, até a oferta de cursos profissionalizantes descentralizados. Por meio deles, o Fundo Social oferece gratuitamente o profissional, os equipamentos e insumos necessários para as aulas, enquanto as instituições emprestam as dependências que têm disponíveis e formam turmas com a comunidade local interessada.

A atualização cadastral também será útil para traçar um diagnóstico das instituições sociais ativas no município, o que pode embasar ações mais de apoio a famílias e comunidades de baixa renda.

Neste momento, em função do agravamento da pandemia do coronavírus, boa parte dos projetos do Fundo Social está suspensa e o foco tem sido a campanha de arrecadação de alimentos, para a prestação de auxílio imediato às pessoas mais fragilizadas pela crise econômica e social trazida pela pandemia. Porém, a equipe do órgão já está se articulando internamente, para o momento em que as ações presenciais poderão ser retomadas.

"Este é um trabalho fundamental para que o Fundo Social possa atuar de forma mais estratégica, atendendo de fato às necessidades de cada instituição e de cada bairro ou região da cidade. Já vínhamos fazendo uma busca ativa nesse sentido, porém este é um universo muito amplo, então agora pedimos a ajuda das próprias instituições, para que elas nos procurem e façam essa atualização de dados ou então se cadastrem", destacou a presidente do Fundo Social de Mogi das Cruzes, Simone Margenet Cunha.

O Fundo Social atende por meio dos telefone 4798-5143 e também pelo e-mail [email protected] O atendimento presencial na sede do órgão está temporariamente suspenso, em atendimento às restrições sanitárias para o enfrentamento à pandemia. A orientação, portanto, é para que todos entrem em contato pelos canais eletrônicos disponibilizados.