Semae conclui travessia da faixa da Transpetro

Rede de distribuição beneficia a região leste da cidade
Rede de distribuição beneficia a região leste da cidade - FOTO: Divulgação/Semae

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) concluiu, na tarde de terça-feira, antes do prazo previsto, o assentamento de redes para travessia da faixa da Transpetro, na estrada de Santa Catarina, em Cezar de Souza. O objetivo da obra, que integra a Setorização da Região Leste da cidade, é fornecer água pela rede de distribuição, a partir da adutora de Sabaúna, a uma escola municipal, Centro de Controle de Zoonoses e Centro de Bem Estar Animal. O procedimento resultará num benefício operacional que é eliminar o abastecimento por caminhão-pipa - esta etapa deve ser finalizada no próximo mês.

"Após vencermos um longo processo de obtenção da autorização para intervenção na faixa de dutos da Transpetro, a travessia finalmente pôde ser realizada e em breve a obra estará concluída, integrando a escola municipal, o Centro de Controle de Zoonoses e o Centro de Bem Estar Animal à nossa rede de abastecimento", afirmou Wagner de Carvalho Moraes, da Divisão de Distribuição de Água da autarquia.

A setorização é uma divisão de uma grande área de distribuição em sistemas menores para aperfeiçoar o fornecimento de água, agilizar manutenções e diminuir perdas.

Os bairros são os atendidos pela Estação de Tratamento de Água (ETA) do Socorro, e vão de Sabaúna à Vila Oroxó, passando por Botujuru, todo o distrito de Cezar de Souza, Jardim Maricá, Ponte Grande, Jardim Aracy e Itapety, ao longo da margem direita do rio Tietê. O investimento total previsto nas obras de setorização da região leste é de R$ 6,7 milhões.

Deixe uma resposta

Comentários