Cunha anuncia André Stabile como secretário de Educação

André Stabile prometeu um novo pacto entre gestores públicos e a população
André Stabile prometeu um novo pacto entre gestores públicos e a população - FOTO: Felipe Ruffino/PMMC

O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode), apresentou na noite de ontem o especialista em Gestão de Cidades, André Stabile, como o novo titular da Secretaria Municipal de Educação. A apresentação foi feita por meio de uma transmissão ao vivo nas redes sociais, como parte da prestação de contas da municipalidade dos primeiros cem dias de gestão.

O evento contou com a participação da vice-prefeita Priscila Yamagami (Pode), que integra o Comitê de Retomada das Atividades e a Brigada da Educação do município.

Questionados pela população, Cunha e Priscila reforçaram os critérios técnicos para a escolha dos novos nomes que ocuparão a titularidade da Pasta e integrarão a coordenadoria da Secretaria de Educação. "Buscamos um nome que tenha não apenas conhecimento técnico, mas que tenha como base uma relação de respeito com o servidor público da Educação", explicou o prefeito.

André Stabile tem 51 anos e é especialista em Gestão de Cidades e integra o Movimento pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Stabile também ocupou o cargo de Gestor do Conhecimento na Secretaria de Educação na cidade de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, e chegou a participar de eventos promovidos pela Secretaria de Educação de Mogi.

Durante a apresentação, Stabile afirmou que seu principal objetivo é "promover uma resposta da cidade à pandemia na área da Educação", prometendo um novo pacto entre gestores públicos e a população. "Nenhum aluno ficará para trás, e todos nós devemos ajudar", destacou.

A coletiva de imprensa também apresentou o educador e especialista em Formação Integral e Práticas Pedagógicas Inovadoras, José Henrique Porto, 40 anos. Em um breve discurso, ele colocou-se à disposição da administração e propôs "sonhar juntos uma nova educação para a cidade".

Ao final, o prefeito agradeceu ao empenho dos profissionais da Educação do município, e em especial a Rose Tonete, que comandou a Educação nos dois primeiros meses do ano. Rose foi uma das articuladoras do processo de retomada gradual da educação prevista para março, cujo processo foi interrompido com o aumento do número de casos e óbitos do coronavírus. "Temos à nossa disposição uma grande equipe, com profissionais da mais alta qualidade. Estamos trabalhando incansavelmente pelo município, e sabemos que algumas medidas que tomamos são duras, mas buscam o interesse do coletivo", explicou o Cunha.

Ações na Educação

Na live, o prefeito tratou dos diversos pontos da administração pública, como os investimentos em infraestrutura, zeladoria e saneamento básico; os investimentos na Saúde para o combate à pandemia com a abertura de novos leitos de Enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), os programas de auxílio emergencial a famílias e microempresas afetadas pela crise econômica e a preparação para a futura retomada do ensino na cidade.

A vice-prefeita apresentou os números obtidos pela Brigada da Educação. "Foram 240 escolas que vistoriamos na cidade, 1.314 kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) aos nossos profissionais, além do processo de contratação de novos 150 professores, que está em sua fase final", explicou.

Deixe uma resposta

Comentários