Bom Prato reforça protocolos de segurança

Pedido para que as normas fossem respeitadas partiu dos trabalhadores do local
Pedido para que as normas fossem respeitadas partiu dos trabalhadores do local - FOTO: Emanuel Aquilera

O vereador Iduigues Martins (PT) explicou durante a semana que os funcionários do restaurante Bom Prato do centro da cidade reforçaram os protocolos de isolamento social após pedidos de seu gabinete junto às autoridades, mas a situação continua sendo "muito difícil" devido à ampla demanda.

O vereador pediu no final de março uma atenção maior por parte das autoridades municipais às aglomerações e aos protocolos sanitários aplicados no local. A indicação chamava a atenção tanto da Prefeitura de Mogi das Cruzes quanto do governo do Estado sobre o aumento da demanda.

Na ocasião, o vereador informou que a Prefeitura, por meio da Pasta de Assistência Social e pelas equipes de fiscalização, informou que iria realizar trabalhos de conscientização junto aos usuários.

Quase duas semanas após a indicação, o gabinete do vereador esteve novamente no local e constatou que os usuários, em sua maioria, obedecem às orientações de distanciamento, mas a grande demanda não impede as aglomerações. "Os responsáveis têm feito um grande esforço em orientar os usuários, mas ficou nítido que fica difícil manter em tempo integral, uma vez que as pessoas começam a se reunir cedo para receber as refeições", explicou.

Para o vereador, a situação é delicada no local, uma vez que o programa Bom Prato, realizado em parceria com o Estado, é um serviço fundamental voltado à segurança alimentar e não pode parar.

Iduigues é um dos defensores na Câmara da criação de políticas institucionais voltadas à segurança alimentar da população, como a expansão da distribuição de cestas básicas e a criação de um sistema de renda mínima municipal, com a viabilização de aquisição de alimentos no comércio familiar local.