Suzano e Estado fecham acordo para plataforma de educação

Informação foi confirmada ontem, após conferência da
Informação foi confirmada ontem, após conferência da "Parada Pedagógica" - FOTO: Paulo Pavione/Secop Suzano

A Prefeitura de Suzano fechou convênio com o governo do Estado para o uso do Centro de Mídias da Educação de São Paulo (CMSP), programa criado com o objetivo de aprimorar o ensino remoto por meio das plataformas digitais. Cerca de 27 mil estudantes serão contemplados com a iniciativa. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) e pelo secretário municipal de Educação, Leandro Bassini, durante conferência da "Parada Pedagógica", realizada de maneira online ontem.

Os alunos e professores da rede municipal de ensino poderão ter acesso ao serviço com internet gratuita a partir de seus dispositivos celulares. Isto porque a parceria também permitirá que a plataforma virtual seja acessada sem consumir os dados móveis do usuário. O serviço já está disponível na cidade e os profissionais da educação estão em processo de planejamento para começar a utilizar o recurso na rotina escolar.

O Centro de Mídias SP é destinado a atender alunos, professores e gestores da área. Os conteúdos podem ser visualizados pelo aplicativo, disponível para dispositivos Android e iPhone (iOS). Nele, os usuários têm acesso às aulas ao vivo, videoaulas e outros conteúdos pedagógicos durante o período de isolamento social provocado pela pandemia de coronavírus (Covid-19). Os estudantes também podem interagir entre si e com os educadores a partir de chat e vídeos.

Além disso, as aulas para educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental também são exibidas pela rede gratuita TV Univesp, disponível no "canal 2.2". Já os conteúdos para os anos finais do ensino fundamental e o médio são veiculados na grade da TV Cultura, sintonizada no "canal 2". A proposta do programa é que a ferramenta continue disponível para complementar a rotina escolar, mesmo que haja um retorno seguro às atividades presenciais.

O chefe da pasta de Educação comemorou a conquista para Suzano e afirmou que agora, com o aplicativo à disposição, a secretaria está coordenando com os professores o roteiro e o cronograma de atividades para construir um percurso próprio para o ensino de Suzano. Com isso, devem iniciar o uso em breve. Ele ainda lembrou que, como a plataforma também funciona como um repositório de aulas, existe a possibilidade de que as aulas gravadas pelos educadores suzanenses sejam utilizadas por outras cidades.

"Nossa grande dificuldade desde o início da pandemia da Covid-19 era o fato de que a plataforma de ensino remoto consumia dados móveis. Muitas crianças usavam os celulares pré-pagos dos pais para estudar e isso se tornava insustentável com o tempo. Com esse novo sistema, conseguimos ampliar o alcance de nossos esforços e atingir mais estudantes", afirmou.

O chefe do executivo agradeceu ao governo do Estado de São Paulo pela parceria e reforçou que a administração municipal está empenhada em prestar todo o apoio necessário aos professores, alunos e responsáveis. "Esta ferramenta vem para fortalecer o processo de educação de nossas crianças. O acesso gratuito à internet para usar o aplicativo é mais uma forma de levar o ensino de qualidade a quem tem dificuldades de acessar os meios digitais", ressaltou.