Mogi autua sete locais por desrespeito às restrições

Um homem chegou ser detido em Jundiapeba
Um homem chegou ser detido em Jundiapeba - FOTO: Mogi News/Divulgação

A Secretaria de Segurança de Mogi das Cruzes registrou sete autuações por desrespeito às medidas sanitárias para conter o coronavírus (Covid-19) no último final de semana. Cinco delas ocorreram pela realização de pancadões e outras duas a estabelecimentos que descumpriram as restrições do enfrentamento da pandemia.

De acordo com a Prefeitura, as festas clandestinas foram registradas nos bairros Vila Brasileira, Vila Paulista e Vila Nova Aparecida e os dois estabelecimentos fechados estão localizados no Jardim Margarida e no centro da cidade. Houve também quatro multas por desrespeito à Lei do Silêncio no centro, Jardim Margarida, Jardim Aeroporto e em Jundiapeba.

Ao todo, ocorreram 366 chamadas junto à Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp). Deste total, 140 denúncias não eram procedentes.

Já a Guarda Civil Municipal (GCM), evitou dez ocorrências de aglomerações nos bairros Parque Olímpico, Vila Nova Mogilar, Beija-Flor e Centro Cívico. A Guarda também atuou em outras ações importantes. Um homem foi detido em Jundiapeba por descumprimento à medida protetiva, no sábado. Também no sábado, a Guarda Municipal flagrou uma ocorrência de crime ambiental na região do Parque São Martinho.

"O local permanece sendo monitorado. No domingo passado, um homem foi preso por desacato, após ser flagrado com uma motocicleta que não estava de acordo com as normas estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB)", disse a Secretária Municipal de Segurança.

A população pode auxiliar no trabalho de fiscalização e Guarda Municipal com denúncias pelo telefone 153, da Ciemp. (T.M.)