Palestra mobiliza jovens e aborda tema 'Urbanização e Águas'

A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes realizou ontem uma palestra virtual para os alunos da Escola Estadual Professora Irene Caporalli de Souza sobre o tema "Urbanização e Águas" e atraiu a atenção dos estudantes. Cerca de 190 jovens assistiram à apresentação, que foi feita pela secretária Michele de Sá Vieira e originalmente estava programada para acontecer durante o webinário do Dia Mundial da Água, em 22 de março, e que acabou sendo adiada devido à pandemia do coronavírus.

"Foi uma palestra muito enriquecedora e que levou informações úteis aos estudantes. Os jovens gostam muito do tema meio ambiente e interagiram bastante conosco. É muito bom, pois eles acabam atuando como agentes multiplicadores, repassando todos esses conhecimentos adiante e principalmente ajudando na formação de gerações mais conscientes sobre a importância da preservação ambiental", detalhou Michele.

A palestra abordou temas como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, um conjunto de 17 metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o meio ambiente; o ciclo da água; a importância das árvores e da arborização; a necessidade de se preservar as florestas e o combate aos desmatamentos; o papel das matas ciliares e o perigo de eventos extremos na natureza, que nada mais são do que reações aos abusos cometidos pelo homem.

Michele lembrou que a Secretaria do Verde vem trabalhando em várias frentes na área ambiental em Mogi das Cruzes. A Pasta já iniciou, por exemplo, o planejamento estratégico para a participação no Programa Município Verde Azul. Mantido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, o programa apóia a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios.

Outra iniciativa é o Programa "Viveiro na Rua", que estimula a doação de mudas. Por conta da pandemia, a ação foi realizada durante o drive-thru da vacinação contra a Covid-19, no dia 10 de abril, e agradou ao público. "As pessoas gostam de receber mudas, mas estamos tomando todos os cuidados para que isso não provoque aglomerações e para que o processo de doação acontece com toda a segurança necessária", reforçou a secretária. Ela lembra ainda que várias outras ações acontecerão assim que o Plano São Paulo entrar em fases mais brandas.