Leitos Covid de UTI estão com ocupação de 84,5%

Mogi das Cruzes mantém taxas de ocupação de leitos para pacientes com coronavírus (Covid-19) controladas, mas a maior parte das vagas disponíveis se encontra na rede particular. Ontem, segundo atualização da Secretaria Municipal de Saúde, a cidade registrou índice de ocupação de 84,5% nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 76,4% na Enfermaria levando em conta a soma de leitos fornecidos pela rede estadual, municipal e privada.

Quando considerados apenas leitos públicos, a ocupação da UTI é de 96,9%, apenas três dos 99 leitos estão desocupados. Na Enfermaria o índice de ocupação hospitalar é menos grave e a cidade registra taxa de 75,8%, restam 36 leitos livres de um total de 149. Nessa conta, são considerados os leitos fornecidos pelo Hospital Municipal, Hospital de Campanha, Santa Casa e Luzia de Pinho Melo, conforme atualização fornecida pela Prefeitura.

Apesar de Mogi estar registrando queda considerável na ocupação de leitos há duas semanas, a maioria das liberações se deu na rede particular. Nos hospitais pagos, 21 leitos de UTI estão desocupados e 14 de Enfermaria encontravam-se livres até ontem.

Levando em conta a soma das redes públicas e particulares, Mogi acompanha os resultados de cidades vizinhas que já vinham registrando queda desde a semana retrasada. Suzano, por exemplo, comunicou uma ocupação de 70% de seus 20 leitos de UTI e 56,7% dos 67 de Enfermaria. Em Itaquaquecetuba, seis dos 11 leitos de Emergência encontravam-se livres e dez dos 35 de Enfermaria estavam vagos. Poá revelou uma ocupação de 22% dos seus 22 leitos, porém as duas vagas de Emergência estavam lotadas.

Rede estadual

Em alguns hospitais de responsabilidade do governo do Estado, situados no Alto Tietê, os índices ainda são altos. O Hospital Regional de Ferraz, Doutor Osíris Florindo Coelho, opera com 26 leitos de UTI e 26 de Enfermaria, todos ocupados. O Santa Marcelina de Itaquaquecetuba opera com 20 leitos de UTI com 80% de ocupação e 20 de Enfermaria, todos ocupados no momento.

Em Mogi, no Hospital Luzia de Pinho Melo, os 46 leitos de Enfermaria marcam ocupação de 60% de ocupação e 82% nos 33 de UTI. Já no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, a ocupação dos 30 leitos de Enfermaria é de 42,8% dos seus 30 leitos e 80% nos dez de UTI. Por fim, no Hospital Auxiliar de Suzano os 20 leitos de enfermaria trabalham com ocupação de 43,8% de ocupação.

*Texto supervisionado pelo editor.