Desassoreamento do córrego Itaim tem início em Poá

Iniciativa ocorre ao lado da estrada Mário Covas
Iniciativa ocorre ao lado da estrada Mário Covas - FOTO: Rodrigo Nagafuti/Secom Poá

O desassoreamento do córrego Itaim, no trecho localizado ao lado da estrada Mário Covas, próximo ao limite com o município de Suzano, em Poá, começou ontem. A ação é uma parceria entre a administração municipal e o governo do Estado, por meio do Departamento de Águas e Energia elétrica (DAEE), e tem como objetivo melhorar a vazão das águas e reduzir o risco de enchentes na cidade. A previsão é que o trabalho seja concluído em até nove meses.

Na manhã de ontem, a prefeita Marcia Bin (PSDB) esteve no local para acompanhar o andamento dos serviços, acompanhada pelos secretários municipais Marcio Borzani (Governo e Administração) e Claudete Canada (Meio Ambiente, Recursos Naturais e Serviços Urbanos). "É uma obra muito importante porque em dias de fortes chuvas, as águas pluviais acabam retornando à cidade porque o leito do rio está assoreado", afirmou a chefe do poder Executivo.

O córrego corta o centro da cidade e é o responsável pelo escoamento das águas pluviais e, por conta do assoreamento, as águas pluviais acabam retornando e causando enchentes na área central, em dias de fortes chuvas. "Este serviço era muito esperado e de extrema importância para Poá. O recurso para o desassoreamento e limpeza das margens é proveniente do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro)", destacou Claudete. "Outra questão é o município ter iniciado as tratativas para se adequar ao marco Regulatório de Saneamento Básico do governo Federal e para a implantação de um ecoponto na cidade", detalhou a secretária.