Limpeza do Guaió começa nas próximas semanas

Curso do rio está na divisa entre as duas cidades
Curso do rio está na divisa entre as duas cidades - FOTO: Mogi News/Arquivo

O Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) deverá iniciar nas próximas semanas o trabalho de limpeza e desassoreamento de 1,5 mil metros do rio Guaió nos municípios de Suzano e Poá, no trecho entre a foz junto ao rio Tietê e a rodovia Mogi-Guararema com estimativa de remoção de aproximadamente 25.000 m³ de sedimentos.

O trabalho de desassoreamento do córrego Itaim faz parte de um conjunto de intervenções nos municípios de Suzano, Mogi das Cruzes, Guarulhos, Poá e Itaquaquecetuba e São Paulo e representam um investimento de R$ 22,45 milhões.

Na semana passada, o DAEE deu inicio aos trabalhos de limpeza e desassoreamento do córrego Itaim, em Poá. Os trabalhos contemplam um trecho de mil metros, entre a rotatória da avenida Marginal e a rodovia Mogi-Guararema. Serão removidos cerca de 13.500 m³ de sedimentos (areia, terra, lodo e lixo) do córrego; o equivalente a 5,4 piscinas olímpicas (2.500 m³ cada).

A limpeza visa desobstruir a profundidade do canal para aumentar a capacidade de vazão do curso d'água. A ação contribui no combate a enchentes, principalmente em épocas chuvosas.

"É uma intervenção importante que vai contribuir de maneira significativa para reduzir a ocorrência de alagamentos nestes pontos", destacou o superintendente do DAEE, Francisco Eduardo Loducca.

Para o trabalho de desassoreamento do rio serão investidos R$ 1,3 milhão com recursos do Fehidro, o Fundo Estadual de Recursos Hídricos, e do DAEE. Os serviços estarão concluídos em 9 metros.