'Minha História, Minha Suzano' conta com 13 vídeos publicados

Antônia Martins Quentão, de 104 anos, uma das personagens dos vídeos
Antônia Martins Quentão, de 104 anos, uma das personagens dos vídeos - FOTO: Divulgação/Secop Suzano

A Prefeitura de Suzano já publicou 13 vídeos do projeto "Minha História, Minha Suzano". A série especial é promovida para celebrar o aniversário de 72 anos do município e traz o relato de moradores que vivenciaram o crescimento e o progresso da Cidade das Flores. Os conteúdos estão disponíveis no canal oficial da administração municipal no YouTube, a TV Prefeitura de Suzano, no link (http://bit.ly/TVPrefSuz).

O primeiro episódio foi ao ar no dia 7 de abril. Desde então a publicação dos materiais é realizada de forma diária, com os últimos dois vídeos da série previstos para serem lançados até o final do mês. Os depoimentos contam com a participação de suzanenses que presenciaram e contribuíram para as transformações que o município passou desde sua emancipação político-administrativa, em 2 de abril de 1949. Muitos deles vieram de pontos distantes do Estado, e até do mundo, para encontrar sua felicidade em Suzano.

Antônia Martins Quentão, de 101 anos, veio para a cidade em 1955. De origem portuguesa, ela participou do programa e relembrou o passado com muita nostalgia e alegria. "Quando cheguei aqui tinha mato nas ruas de terra, cavalos andando para lá e para cá, parecia roça. Aqui sempre foi muito sossegado, criei meus filhos e consegui boas amizades. Agora está muito diferente, ficou muito bonita, é maravilhosa", afirmou.

Ariovaldo Pereira Nunes tem 68 anos e é chefe do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Como um entusiasta da cultura e da história suzanense, ele compartilhou seu conhecimento sobre as origens de Suzano, que datam do período da colonização do país, com a chegada dos jesuítas à região do Baruel.

"Suzano cresceu demais, é uma referência na região, uma das maiores cidades industriais do Brasil. É um município promissor, muito bom para se morar, com um planejamento urbano excelente. Com a atual gestão, ela segue crescendo e ainda tem muito o que conquistar", ressaltou Nunes.

Outro suzanense que compartilhou sua história de vida foi Dorgival Francisco da Silva, cordelista e feirante há mais de 30 anos. Ele contou que veio do Rio de Janeiro para Suzano com sua esposa e, depois de muito trabalho duro, conseguiu se consolidar na cidade. Há alguns anos até escreveu um cordel sobre a história do município. "Antes existiam muitos problemas com pavimentação e descarte irregular de lixo. Hoje Suzano está de cara nova, é realmente outra cidade. Eu sou feirante, então ando todos os dias pelos bairros e vejo a grande diferença. Me orgulho daqui", disse.

O chefe do executivo suzanense, Rodrigo Ashiuchi, comemorou a data tão especial para a cidade e reafirmou o empenho de toda a administração municipal em zelar pela população e levar o melhor serviço público possível aos cidadãos. "Valorizamos a experiência e história de vida de cada um dos suzanenses que ajudaram a construir a grande cidade que temos hoje. Nossa Suzano passou por muitas transformações ao longo dos anos e trabalhamos diariamente para dar continuidade a essas melhorias", afirmou.

Para conferir os vídeos do projeto "Minha História, Minha Suzano" na íntegra, assim como outros conteúdos exclusivos, basta acessar o canal oficial da administração municipal no YouTube, a TV Prefeitura, por meio do link (http://bit.ly/TVPrefSuz).