Idosos de 64 e 63 anos recebem imunização amanhã e quarta

Atendimento vai ocorrer entre as 8 e 17 horas
Atendimento vai ocorrer entre as 8 e 17 horas - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

A campanha de imunização contra o coronavírus (Covid-19) em Suzano avança nesta semana com a contemplação dos idosos de 64 e 63 anos, amanhã e quinta-feira, respectivamente. Já a segunda etapa das pessoas com 68 anos de idade também ocorre dentro dos próximos dias, com a aplicação do reforço da vacina CoronaVac/Butantan programada para sexta-feira.

O atendimento nos três dias de campanha será das 8 às 17 horas, nos três polos de imunização da cidade, sendo o Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) Alberto de Souza Candido (rua Teruo Nishikawa, 570 - Jardim Gardênia Azul), a Escola Municipal Odário Ferreira da Silva (rua Valdir Dicieri, 305 - Jardim Belém/Distrito de Palmeiras) e a Arena Suzano (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 - Jardim Imperador), com a oferta do sistema drive thru neste último endereço.

Amanhã será contemplada a primeira dose da vacina para idosos de 64 anos. Para receber a aplicação será preciso apresentar documento original com foto, CPF, comprovante de endereço de Suzano e uma filipeta oficial devidamente preenchida com letra legível. A ficha pode ser acessada e impressa por meio do link http://bit.ly/FichaCovidSuzano. Além disso, também é preciso efetuar o pré-cadastro no site "Vacina Já" (https://www.vacinaja.sp.gov.br/), do governo do Estado.

Na quinta-feira, será a vez dos idosos de 63 anos receberem a primeira dose. Por fim, na sexta-feira, a segunda dose da CoronaVac/Butantan chega aos idosos de 68 anos de idade que já receberam este imunizante na primeira etapa de vacinação. O atendimento estará disponível nos três polos de imunização e no mesmo horário. Para garantir a aplicação, será preciso apresentar documento com foto, CPF e o cartão de vacinação adquirido na primeira etapa.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, o cronograma é estruturado visando o melhor acolhimento ao público prioritário. "Nossa expectativa é de que o atendimento diário aumente conforme a evolução da campanha, em ordem decrescente. Reforçamos a importância do respeito às datas, para que tudo ocorra de maneira ordeira, sem aglomerações. Não podemos abrir mão do distanciamento social. A pandemia ainda está aí e os protocolos sanitários são obrigatórios na cidade", disse.