Sistema Digital economiza papel e tem redução de prazos

O Sistema Digital de Aprovação de Processos tem sido responsável por duas novidades na Prefeitura de Mogi das Cruzes. A primeira é a agilização no trâmite dos processos, já que as solicitações ocorrem agora de forma digital. A outra é a economia de papel que chegavam a até R$ 200 por alvará. Ainda que existam vários tipos de solicitações, cada uma com um prazo específico, é possível afirmar que o tempo médio de aprovação tem caído de forma geral.

O secretário de Planejamento e Urbanismo, Claudio de Faria Rodrigues, levantou exemplos práticos que comprovam a afirmação. Ele menciona o Certificado de Conclusão de Obra, que libera a edificação para ser habitada ou ocupada e antes demandava uma série de ações complementares que exigiam mais tempo. Chamado também de CCO, o Certificado chegava a demorar até 45 dias para sair. Com a tecnologia digital, o mesmo documento pode ser emitido em até 5 dias.
Outro exemplo citado é a licença para reforma. O prazo anterior era de 30 dias, mas com o sistema digital diminuiu para 7 dias.
Para tirar dúvidas a Secretaria mantém o WhatsApp 94111-7002.