Projeto da Apae pode ser beneficiado com doação

Valor será destinado para o Jardim Sensorial e Estimulação
Valor será destinado para o Jardim Sensorial e Estimulação - FOTO: Divulgação

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Condeca) habilitou a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Mogi das Cruzes com o Certificado de Autorização para Captação (CAC). Com esta habilitação, a instituição está apta a buscar recursos financeiros, por meio da doação de parte do valor devido do Imposto de Renda, na ordem de R$ 584.939,59, que será destinado para o financiamento do projeto Jardim Sensorial e Estimulação. A iniciativa propõe a adaptação de espaço sensorial, que beneficiará 60 crianças e adolescentes, com idade entre 6 anos e 14 anos, com as mais diferentes deficiências e Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) de Mogi e do Alto Tietê. Neste ano, a declaração do Imposto de Renda deve ser feita até 31 de maio, último dia para a entrega do documento.

A doação vai para o Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo, que tem uma série de projetos sociais inscritos, tendo como beneficiárias crianças e adolescentes do Estado. A legislação permite que até 6% do chamado "imposto devido" seja convertido em doação no momento da entrega da declaração, desde que o contribuinte tenha optado pelo modelo completo de tributação.

Para ajudar a Apae, deposite o recurso na conta do fundo Estadual Condeca e envie cópia do depósito para o e-mail @apaemc.org.br

O gestor de projetos da Apae de Mogi, Jorge Alberto Ferreira Santos, fala mais sobre a doação e sobre o projeto. "O apoio de pessoas físicas é fundamental para que possamos atingir a arrecadação total e execução plena deste projeto.

O contribuinte pode acompanhar o seu imposto por meio do telefone 4728-4999.