Suzano abre cadastramento de projetos para audiovisual

Inscrições devem ser feitas em formulário disponível online até 28 de maio
Inscrições devem ser feitas em formulário disponível online até 28 de maio - FOTO: Maurício Sordilli/Secop Suzano

Com o tema "Qual a reflexão vivenciada pelo isolamento trazida pela pandemia?", a Secretaria de Cultura de Suzano deu início ontem ao cadastramento de projetos para o audiovisual. O formulário e o regulamento desta ação estão disponíveis no site da pasta (culturadesuzano.com.br/editais). Os interessados terão até 28 de maio para se inscreverem.

Ao todo será destinado a quantia de R$ 23 mil, sendo que esse montante se divide entre 20 premiações em três categorias: dez videoclipes de no mínimo 2 minutos e 30 segundos e máximo de 4 minutos. Para cada contemplado neste grupo, o valor destinado será de R$ 800. Serão premiados também, três documentários com duração mínima de 2 minutos e máxima de 10 minutos, por R$ 1,5 mil cada. Por fim, também por R$ 1,5 mil, sete vídeos curtos de ficção com tempo de gravação de 2 a 10 minutos.

O cadastramento prevê que cada candidato possa inscrever até dois projetos. Mas, para essa edição, será contemplado com apenas uma produção enviada. Ainda, só será permitida a participação de pessoas a partir de 18 anos de idade e que comprovem vínculo artístico com a cidade de Suzano, veda ainda a participação de funcionários públicos e prestadores de serviço terceirizados com vínculo com a Prefeitura de Suzano.

Após o término das inscrições, a coordenação da Secretaria Municipal de Cultura, na área do cinema e audiovisual, conduzida pelo ator e diretor Herculano Oliveira, fará uma avaliação de cada proposta seguindo os seguintes critérios: histórico dos artistas e técnicos envolvidos; argumento; adequação ao tema proposto; e qualidade artística.

Oliveira explica que, após a divulgação da lista de contemplados, o proponente terá até 30 dias corridos para entregar o projeto concluído em forma de vídeo com as seguintes especificações: formato HD (1920x1080), resolução mínima de 720p, formato wide e, se filmado com celular, a imagem deverá ser no sentido horizontal. Os arquivos devem ser enviados no formato MP4 ou AVI.

O secretário de Cultura de Suzano, o vice-prefeito Walmir Pinto, destacou que o objetivo deste cadastramento é mapear os produtores culturais em audiovisual para exibição nas plataformas virtuais da pasta, além de promover a produção em pequeno porte da linguagem e iniciar o processo de implementação e consolidação do Polo Audiovisual na cidade.

"Desde a inauguração do Cineteatro Wilma Bentivegna, logo quando o prefeito Rodrigo Ashiuchi e eu assumimos a Prefeitura de Suzano, foi o pontapé inicial para o planejamento do nosso Polo de Cinema e Audiovisual. Da minha primeira passagem como chefe da pasta da Cultura de nossa cidade, até agora, em que retomo o cargo, as produções independentes de nossa cidade sempre foram observadas por mim. Por isso, acredito que, como poder público, é nossa tarefa fomentar a garantir que os produtores locais tenham condição de trabalhar e criar", destacou.