Mogi intensifica fiscalização contra aglomerações

A Prefeitura de Mogi das Cruzes intensifica os trabalhos de fiscalização durante o final de semana para combater o desrespeito às medidas de restrição social para enfrentamento da pandemia. As ações têm a participação do Departamento de Fiscalização de Posturas e Guarda Municipal, com apoio da Polícia Militar. A administração municipal também orienta a população para que não ocorram aglomerações, principalmente na parte externa de bares e restaurantes, onde os comerciantes não têm como fazer o controle de distanciamento.

Com o retorno da possibilidade de atendimento presencial destes estabelecimentos, as equipes da Prefeitura vêm verificando que a grande maioria de bares e restaurantes está cumprindo todas as normas sanitárias estabelecidas. No entanto, pessoas se aglomeram na parte externa dos locais, trazendo problemas para os comerciantes, vizinhos e causando o risco de contaminação pelo coronavírus.

A Guarda Municipal irá intensificar as rondas e o patrulhamento em áreas consideradas críticas para a ocorrência de aglomerações e pancadões. Entre os pontos acompanhados estão o Centro Cívico, o Parque Olímpico, a região da praça da Aeronáutica, no Jardim Aeroporto, a Vila Nova Mogilar, a praça Deputado Paulo Kobayashi, no Parque Santana, o Conjunto Santo Ângelo e os distritos de Jundiapeba e Cezar de Souza.

No último final de semana, foram registradas duas autuações por pancadões, no Rodeio e no Jardim Santa Tereza. Além disso, ocorreram três autuações por desrespeito à Lei do Silêncio, nos bairros Mogilar, Vila Suíssa e Biritiba Ussú, e duas por desrespeito às normas de restrição, no Mogilar e na Chácara Guanabara.

A GCM foi acionada anteontem para também dispersar uma aglomeração na rua Independência, no Botujuru.