Auxílio Emergencial concede 4 mil créditos no 1º dia

Bertaiolli diz que governo
confirmou a instalação
Bertaiolli diz que governo confirmou a instalação - FOTO: Mogi News/Arquivo

No primeiro dia de liberação do Auxílio Emergencial, ontem, a Prefeitura de Mogi das Cruzes já disponibilizou 4.129 créditos no valor de
R$ 100 cada. O número corresponde aos repasses efetuados até às 15h30. O benefício está sendo concedido a famílias em situação de vulnerabilidade por um período de três meses.

Essas famílias também já são beneficiadas ou estão em espera para receber o programa Bolsa Família, do governo federal, e que estão referenciadas no Cadastro Único (CadÚnico), com renda per capita de R$ 89 a
R$ 178. O programa destinará o aporte como complemento ao programa de Auxílio Emergencial do governo federal.

Os pagamentos são feitos por meio do aplicativo Caixa Tem, disponível em todas as plataformas de aplicativos. Segundo o prefeito de Mogi, Caio Cunha (Pode), as famílias que já estão cadastradas no Auxílio Emergencial Federal receberão automaticamente. Para agilizar o processo, as que não possuem a conta social já tiveram o processo realizado pela Prefeitura.

O cronograma de pagamentos será feito ao longo da semana e levará em conta a data de aniversário do beneficiário. A primeira parcela será paga até 7 de maio; a segunda será entre os dias 24 e 31 de maio; e a última, entre os dias 23 e 30 de junho.

Outro projeto para auxiliar as famílias em vulnerabilidade social, o Mogi Contra a Fome, apresentado na tarde de anteontem, já recebeu 1.176 inscrições até às 15h30 de ontem. Este projeto não visa a disponibilização de recursos financeiros e sim a entrega de alimentos a pessoas em situação de vulnerabilidade. As entregas terão início em breve, conforme apuração dos dados inscritos no cadastro e também de acordo com as doações recebidas pela Prefeitura.

Auxílio Empresarial

O pagamento da primeira parcela do Auxílio Empresarial começou a ser feito ontem em Mogi, quando 26 empresas que já tiveram o cadastro aprovado receberam os valores nas contas empresariais informadas. O total liberado ontem corresponde a
R$ 21 mil.

O Auxílio Empresarial Mogiano foi criado pela Prefeitura para preservar empregos, renda e negócios, além de colaborar para a movimentação da economia na cidade. A equipe técnica da administração municipal já analisou 54 cadastros. Além dos 26 aprovados e que já começaram a receber os pagamentos, sete estão com pendência de documentação, enquanto outros 21 não se enquadraram nas determinações do programa.

Deixe uma resposta

Comentários