Parques em Mogi ganham recursos de R$ 1,8 milhão

Viveiro de mudas é um dos destaques do Leon Feffer
Viveiro de mudas é um dos destaques do Leon Feffer - FOTO: Mariana Acioli/Arquivo

No primeiro dia da agenda de compromissos políticos do prefeito Caio Cunha (Pode) em Brasília, ontem, foi viabilizada uma verba de
R$ 1,8 milhão do Ministério do Turismo para a revitalização dos parques municipais mogianos. A visita do prefeito à capital federal está sendo acompanhada pelo deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) e tem a participação do secretário de Planejamento e Urbanismo, Claudio de Faria Rodrigues. Cunha ainda pretende conversar com outros parlamentares da região para buscar apoio contra a instalação do pedágio na rodovia Mogi-Dutra.

Os investimentos viabilizados serão destinados aos Parques da Cidade, Centenário e Leon Feffer. O objetivo é aplicar os recursos nos três espaços, com destaque para o Leon Feffer, que possui 26 hectares de área. Inserido na Área de Proteção Ambiental da Várzea do Tietê, o Leon Feffer abriga o Viveiro Municipal, com cerca de 25 mil mudas, e possui diversos equipamentos de lazer.

Além da luta contra o pedágio e dos recursos para o meio ambiente, uma das agendas confirmadas em Brasília deve ocorrer hoje no Ministério da Educação, onde o prefeito tratará da Clínica Escola do Autista e da Escola do Futuro. O primeiro projeto recebeu uma emenda parlamentar de R$ 2,5 milhões do deputado Bertaiolli. Com essa verba, a Prefeitura vai construir a primeira instituição para tratar especificamente do Transtorno do Espectro Autista. Já a Escola do Futuro, prevista para o distrito de Jundiapeba, atenderá alunos do Ensino Fundamental ciclo II (6º ao 9º anos), reforçando a questão da cidadania para os pré-adolescentes.

Deixe uma resposta

Comentários