Central de Inteligência tem 50% das obras concluídas

centro de inteligência / secretaria de segurança, Miguel Gema
centro de inteligência / secretaria de segurança, Miguel Gema - FOTO: Emanuel Aquilera

As obras da Central de Inteligência da Guarda Civil Municipal (GCM) de Mogi das Cruzes já contam com 50% do cronograma finalizado. A estrutura do prédio está praticamente concluída e o próximo passo será o início do revestimento, segundo informações divulgadas ontem pela Secretaria Municipal de Obras.

O espaço, localizado na avenida Engenheiro Miguel Gemma, tinha em fevereiro 44% das obras finalizadas. O investimento estimado na construção e acabamento é de R$ 3.979.035 e a previsão de entrega da obra, inicialmente, era para o mês de setembro do ano passado, o que não ocorreu.

A Secretaria de Segurança manteve o planejamento para a utilização do espaço com departamentos ligados à Pasta e dentro da estrutura de segurança do município.

Nesta proposta de centralização, o local também receberá a nova Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), que faz o monitoramento da cidade por meio de câmeras, além de abrigar o sistema de alarme, atendimento telefônico da Defesa Civil, Guarda Municipal e Departamento de Trânsito.

No setor de vigilância, Mogi conta com 128 câmeras de monitoramento em ruas e espaços públicos, além de 172 câmeras fixas em prédios municipais, totalizando 300 equipamentos. As câmeras de monitoramento estão distribuídas em Jundiapeba, Braz Cubas, César de Souza, Sabaúna e Quatinga.

Até a tarde de quinta-feira, a Secretaria de Obras informou não ter uma previsão a respeito do cronograma final de construção, e nem uma data para a inauguração.

Deixe uma resposta

Comentários