Zoonose fará vistoria para combater o Aedes aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde de Itaquaquecetuba, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), inicia hoje o trabalho de identificação da densidade larvária do mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana.

A Avaliação de Densidade Larvária (ADL) nos imóveis será feita em cinco sábados: 22 e 29 de maio e 5, 12 e 19 de junho. O município foi dividido em cinco regiões e 30 agentes farão o rastreamento nos bairros, das 9 às 15 horas. As duplas vão procurar larvas por todo o imóvel em cerca de 600 casas por dia.

Essa ação, programada pelo Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRAa), serve para identificar os criadouros e, posteriormente, intensificar os trabalhos de combate.