Prefeitura inicia entrega de alimentos para famílias

As entregas ocorreram na Prefeitura e em uma instituição parceira em Braz Cubas
As entregas ocorreram na Prefeitura e em uma instituição parceira em Braz Cubas - FOTO: Divulgação/PMMC

O Mogi Contra Fome, uma ação integrada da Prefeitura de Mogi das Cruzes que visa atender cidadãos e famílias mogianas em situação de vulnerabilidade social, deu início nesta semana à distribuição de cestas básicas, que foram recebidas em doação já pela força-tarefa do projeto. Uma leva de 350 kits alimentares foi distribuída ontem a pessoas selecionadas a partir do cadastro. Também nesta semana, outras 60 cestas básicas foram entregues.

As entregas de ontem aconteceram na sede da Prefeitura de Mogi das Cruzes e também em uma instituição parceira, no distrito de Braz Cubas.

Todos os contemplados foram contatados por equipes da Prefeitura e a distribuição aconteceu de forma cautelosa, em respeito às normas de distanciamento social e buscando evitar aglomerações.

As equipes da Prefeitura seguem empenhadas no trabalho de triagem dos dados cadastrais, para a definição dos próximos grupos de pessoas a serem atendidos, conforme os critérios de seleção e também a quantidade de alimentos disponível para entrega. Após o cadastro, as pessoas entram em uma lista classificatória, de acordo com os dados declarados e a ordem de atendimento é definida a partir dessa relação.

Os selecionados são sempre contatados pelas equipes da Prefeitura, com todas as informações e orientações referentes ao recebimento dos kits alimentares. Também está sendo estruturada uma nova logística no que se refere à distribuição dos alimentos, que visa otimizar e facilitar esse processo.

O cadastro seguirá aberto até o dia 31 de maio. Para ser beneficiado, é essencial ser morador de Mogi das Cruzes e ter renda familiar de até três salários mínimos. Também é importante que apenas um membro por família se cadastre e que sejam fornecidas informações reais e atualizadas por parte dos cidadãos.

O projeto trabalha com outra vertente, que é o recebimento de doações, a serem destinadas às pessoas cadastradas. Os alimentos são a prioridade, porém outros itens também podem ser doados por qualquer pessoa física ou jurídica. A frente é comandada pelo Comitê Integrado de Apoio ao Mogiano (CIAM).

Quem puder e quiser contribuir para o projeto pode enviar um e-mail para o [email protected] O CIAM também tem um chamamento público aberto, por meio do qual as pessoas podem se inscrever para fazer doações. Veja o chamamento na íntegra (https://www.mogidascruzes.sp.gov.br/pagina/comite-integrado-de-apoio-ao-mogiano/publicacoes).

As equipes da Prefeitura de Mogi das Cruzes estão igualmente empenhadas na otimização do processo de captação, a partir da elaboração de uma logística para o recebimento dos itens doados.

Quem tiver dificuldades com o cadastro que é feito de forma online pode entrar em contato por meio do telefone 156, da Ouvidoria Geral, na opção 8.