Alvorada do Divino começa hoje com série de mudanças

Alvorada começa às 5 horas, com a Oração da Manhã, que será feita no Império
Alvorada começa às 5 horas, com a Oração da Manhã, que será feita no Império - FOTO: Natália Amschinger

A pandemia do coronavírus (Covid-19) também alterou o formato da realização da Alvorada, um dos pontos altos da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes. A primeira, de uma série de nove alvoradas, será realizada hoje, a partir das 5 horas, com uma série de mudanças, a começar pelo local onde ela ocorrerá: na Catedral de Sant´Ana, mas com a presença limitada de devotos. Ao invés de ter o percurso pelas ruas centrais, os fiéis vão fazer as orações sentados, seguindo todos os protocolos sanitários exigidos pelos órgãos competentes. Haverá, ainda, transmissão online por meio do Facebook (/FestadoDivinodeMogidasCruzes) e YouTube (/FestadoDivinodeMogidasCruzesSP) da Festa do Divino.

A Folia do Divino Espírito Santo, de Biritiba Ussú, estará presente hoje. No ano passado, eles não puderam participar devido às restrições da época, mais rígidas do que as atuais. De qualquer forma, todos os cuidados continuam.

A Alvorada tem início, às 5 horas, com a Oração da Manhã, que será feita no Império, instalado na praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, somente com a presença dos festeiros Mauro de Assis Margarido, o Maurinho, e Cícera Alecxandra de Oliveira Margarido, os capitães de mastro Maurimar Batalha e Roberta Fadoni Batalha e o bispo diocesano, dom Pedro Luiz Stringhini. De lá, eles seguem até a Catedral, onde os devotos irão aguardar.

Ao contrário do que manda a tradição, em que a alvorada tem a participação de 15 lanterneiros, sendo sete de cada lado e um lanterneiro iluminando os caminhos, neste ano haverá mudanças.

"Haverá apenas sete lanternas. E elas ficarão fixas, no altar da igreja, sendo três de cada lado e uma lanterna na frente, em que apenas um lanterneiro (componente da Alvorada) vai segurar a lanterna. Não terá entrada e saída de lanterna. Depois que terminar, elas vão ficar guardadas no Império", explicou a coordenadora da Alvorada, Sylvia Nazar de Abreu.

As sete lanternas representam um dos sete dons do Divino (Fortaleza, Ciência, Conselho, Sabedoria, Pieda­de, Entendimento e Temor a Deus).

Agendamento

Os devotos interessados em participar das alvoradas - elas prosseguem até o dia 23 de maio -, devem fazer a inscrição pelo site www.festadodivino.org para garantir a presença.

O agendamento se faz necessário para evitar aglomeração, algo que não pode ocorrer por causa da pandemia. A organização da Festa do Divino seguirá rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social.

A Festa do Divino segue até o dia 23 de maio, sob o tema Divino Espírito Santo, Fortalecei-nos na caridade e Conduzi-nos à Santidade.

A programação está disponível no site (www.festadodivino.org.br).