Estão abertas as inscrições para as Oficinas Culturais

Artistas, produtores, gestores, estudantes e demais atuantes na área cultural de Mogi das Cruzes têm mais uma oportunidade para participar das Oficinas Culturais oferecidas pelo governo do Estado de São Paulo, por meio da Poiesis Organização Social de Cultura. Acabam de ser abertas as inscrições para o bloco 2 das atividades de junho, que integram o Programa de Formação para o Interior, Litoral e Região Metropolitana de São Paulo, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Todas as atividades, tanto oficinas quanto palestras, serão realizadas de forma online, por meio da plataforma Zoom, em respeito às medidas de distanciamento social. As inscrições também devem ser feitas de forma online, a partir de links disponibilizados pelo governo do Estado. Ao todo, são mais de 500 vagas disponíveis, para atividades sobre diversos temas.

A primeira delas começa no dia 10 de junho e as atividades, como um todo, se estendem até o final do próximo mês. Em algumas, será aberta apenas uma turma, enquanto, em outras, haverá mais turmas e mais vagas à disposição. O preenchimento das vagas e definição de turmas se dará mediante ordem de inscrição.

Entre os temas abordados, estão a diversidade linguística brasileira, a elaboração de projetos culturais, fotoescultura, fotografia e literatura, iniciação no mercado de trabalho para atores, psicanálise e escrita criativa em tempos de pandemia, ilustração e composições digitais, representação de pessoas negras na arte e na cultura e também criação e composição em rap.

Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, que é o 4798-6900.

O Programa dialoga com o interior por meio de dois festivais Festival Literário (FLI) e Festival de Música Instrumental (MIA), Jornadas de Gestão Cultural, Ciclos de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade, Programa de Qualificação em Artes que dá orientação artística a grupos, companhias ou coletivos no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, e o Programa de Formação no Interior que oferece atividades formativas.

Além disso, na capital, o programa Oficinas Culturais realiza atividades de formação e difusão em três espaços: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Bom Retiro), Oficina Cultural Alfredo Volpi (Itaquera) e Oficina Cultural Juan Serrano (Taipas).

O programa é gerenciado pela POIESIS, Organização Social de Cultura, que desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral.