Movimento planeja carreata amanhã na Mogi-Dutra

O movimento Pedágio Não planeja uma manifestação amanhã para tentar barrar o projeto do governo do Estado para implantar uma praça de cobrança na rodovia Mogi-Dutra (SP-88). Este será o segundo ato após publicação do edital da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) que prevê o equipamento.

Duas carreatas deverão circular amanhã, simultaneamente. O líder do movimento Pedágio Não, Paulo Bocuzzi, informou o Mogi News de que em movimentos anteriores ações similares chegaram a alcançar 600 veículos e a expectativa é que a participação da população nessa ação supere as outras manifestações.

"Temos uma previsão de encontro dos veículos às 9h30 deste sábado com previsão de saída para as 10 horas. A carreata saíra de dois pontos distintos, um deles na saída da cidade para a rodovia Mogi-Dutra, nas imediações do Posto Itamarathy. O outro ponto de encontro será próximo do Posto BR na região do Condomínio Aruã. Trabalharemos em sincronia para que as duas carreatas se encontrem no km 40 da rodovia, onde está prevista a instalação do pedágio", definiu Paulo Bocuzzi.

No último domingo uma manifestação já foi promovida, mas não obteve respostas da Artesp. Na ocasião, deputados e políticos da região uniram forças e declararam repúdio ao pedágio.

Em consenso, as autoridades enxergam a cobrança onerosa para o desenvolvimento do município e reclamam que o dinheiro arrecado será utilizado em rodovias do litoral.

*Texto supervisionado pelo editor.

Deixe uma resposta

Comentários