Poá afirma que 65 foram vacinados contra Covid

A quantidade de profissionais do transporte público vacinados contra o coronavírus (Covid-19) em Poá até, a última quinta-feira, ultrapassou a adesão em Mogi das Cruzes, Suzano, Ferraz de Vasconcelos. A Secretaria Municipal de Saúde somou um total de 65 imunizados.

Embora questionada, a Prefeitura de Itaquaquecetuba explicou que ainda não havia um levantamento sobre o assunto, também na quinta-feira anterior. Na cidade, o número de pessoas com algum transtorno mental já vacinadas contra o vírus também não foi computado.

Destes 65 profissionais do transporte público vacinados em Poá, 43 obtiveram a dose durante a campanha e outros 22 foram imunizados com as doses a mais. Conforme explicou a própria Secretaria Municipal de Saúde, a 'xepa de vacinas' consiste na aplicação das doses que sobraram após a vacinação do público-alvo.

Isto acontece para que essas doses não sejam desperdiçadas, elas são dadas a quem ainda não recebeu o imunizante. Além disso, Poá já vacinou ao menos 32 pessoas diagnosticadas com Síndrome de Down. O número corresponde às aplicações registradas até a quinta-feira passada.

Em contrapartida, Suzano foi a cidade que mais vacinou pessoas com Síndrome de Sown (18 anos ou mais), até o dia 13 de maio, um total de 61. Outras dez pessoas com deficiências da Residência Terapêutica receberam o imunizante CoronaVac/Butantan. Ainda de acordo com as informações da Secretaria Municipal de Saúde, cinco profissionais do transporte público receberam o imunizante.

A distribuição de doses ao grupo se iniciou também na quinta-feira e a previsão é de que 97 pessoas sejam contempladas neste grupo prioritário. Em Ferraz, 23 profissionais do transporte público já receberam a primeira dose e outras 3.054 pessoas com comorbidades também.

Por fim, em Mogi existem 11 moradores de residentes na Residência Inclusiva, 29 pessoas que possuem deficiências permanentes severas e outros quatro metroviários já vacinados contra a
Covid-19. (T.M.)