Ashiuchi reforça pedido para implantação de alça

Prefeito se encontrou com secretário Marco Vinholi
Prefeito se encontrou com secretário Marco Vinholi - FOTO: Paulo Pavione/Secop Suzano

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), participou na manhã de sexta-feira de uma reunião no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, com o governador João Doria (PSDB) e com o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM), por intermédio dos deputados estadual André do Prado (PL) e federal Marcio Alvino (PL). O encontro foi motivado pelo pedido de construção da alça de saída no Trecho-Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21), na avenida Major Pinheiro Fróes (SP-66).

Na reunião, que ainda contou com a participação dos secretários estaduais da Casa Civil, Cauê Macris, e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, Ashiuchi buscou uma solução para a obra e relembrou todo o processo, que já passou pela formalização do pedido, criação de novo projeto, redução de custos e termo de intenção de doação do terreno que vai abrigar a alça.

"Com a doação do terreno, o custo estimado seria de cerca de R$ 25 milhões, o que representa menos da metade do valor original. A ideia é implantar a estrutura em uma área estratégica, no limite de Suzano com Poá, beneficiando ainda Mogi das Cruzes e Ferraz de Vasconcelos. Por isso, é importante frisar que, por meio da doação do imóvel, não haverá custos de desapropriação para a construção da alça", disse Ashiuchi.

Na oportunidade, Vinholi disse que vai dar andamento ao pedido junto ao governador e ao vice-governador. Ainda no Palácio, o chefe do Executivo suzanense aproveitou para protocolar um ofício assinado por todos os prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) com posição contrária à implantação de praça de pedágio na Rodovia Mogi-Dutra (SP-88).