INSS paga adiantamento da primeira parcela do 13°

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) paga hoje a 1° parcela do adiantamento do 13° salário para aposentados e pensionistas. No Alto Tietê, a expectativa das entidades comerciais é de que o pagamento aqueça as vendas. O adiantamento poderá contribuir para a recuperação econômica da região em meio as flexibilizações do Plano São Paulo após queda no número de internações por Covid-19.

Com o início dos pagamentos da primeira parcela programados para 25 de maio, o INSS planeja incrementar a renda dos beneficiários. A segunda parcela será para a partir de 24 de junho. A remessa de adiantamentos segue até 8 de julho.

O calendário de pagamentos foi estabelecido com base no dígito final do benefício, começando nos segurados de final 1 e terminando nos com final 0.

Com boa parte dos idosos já imunizados contra a Covid-19 e com dinheiro do 13° no bolso, a confiança para sair e fazer compras pode aumentar e essa é a expectativa dos comerciantes. O adiantamento do 13° poderá ser um fôlego para o setor que amargou dias de vendas no zero com o fechamento dos estabelecimentos e medidas mais restritivas durante o pico da pandemia.

A Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) acredita que a antecipação do 13° salário para aposentados e pensionistas aumentará o poder de compra da população. "Este benefício, que deve ser pago em maio e junho, será um importante auxílio para a retomada das vendas no varejo. O incremento no salário também possibilitará que possíveis débitos no comércio sejam quitados", pontuou a entidade.

O Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomércio) também deu boas-vindas aos pagamentos, mas avaliou a medida com cautela. "Neste momento, essa injeção de recursos será positiva para o comércio pois possui potencial para manter aquecida as vendas após o Dia das Mães. Mas essa medida poderá fazer falta nas vendas de final de ano", indicou Valterli Martinez, presidente do Sincomércio.

Texto supervisionado pelo editor*