Mogi aplica oito multas por desrespeito a regras

Multas foram aplicadas em cinco bairros da região
Multas foram aplicadas em cinco bairros da região - FOTO: Mariana Acioli

As equipes de Segurança de Mogi das Cruzes registraram oito multas por descumprimento das restrições para conter a Covid-19 só no último final de semana. Cinco foram entregues a estabelecimentos que desrespeitaram o decreto municipal e outras três pela realização de pancadões.

Até o fechamento desta edição, as normas burladas pelos comerciantes não foram divulgadas. No entanto, a Prefeitura explicou que estas multas ocorreram nos bairros Conjunto Santo Ângelo, Jundiapeba, Braz Cubas, Vila Oliveira e no Centro.

Já os pancadões, foram organizados no Mogilar, Parque Monte Líbano e Braz Cubas. De sexta-feira até o domingo passado, a Secretaria Municipal de Segurança somou quatro multas por desrespeito à Lei do Silêncio e uma por falta de licenciamento comercial.

"Entre a noite da sexta-feira e o domingo, foram registradas 281 chamadas junto à Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp)", afirmou a Prefeitura. Por outro lado, a Guarda Civil Municipal (GCM), evitou cinco ocorrências de aglomerações nos bairros Parque Monte Líbano, Centro Cívico e Mogilar.

Já em Suzano, por exemplo, a principal atuação ocorreu na noite de sexta-feira passada, quando foi interrompida uma festa clandestina no Parque Residencial Casa Branca. No sábado, foram interditados cinco estabelecimentos comerciais que funcionavam depois do horário permitido.

Já no domingo foram flagrados 13 locais que também estavam abertos de forma irregular e com presença de público após o horário autorizado.

Todos foram notificados e serão autuados, o que poderá resultar em aplicação de multa no valor entre R$ 739,80 (200 Unidades Fiscais do Município - UFMs) e R$ 295.920,00 (80 mil UFMs). (T.M.)