Campanha contra o câncer bucal inicia hoje em Suzano

Exames vão ocorrer dentro da Arena Suzano, no Max Feffer, durante vacinação
Exames vão ocorrer dentro da Arena Suzano, no Max Feffer, durante vacinação - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria de Saúde de Suzano dá início hoje à campanha de prevenção ao câncer bucal, atendendo gratuitamente os cidadãos que comparecerem na Arena Suzano para a imunização contra o coronavírus (Covid-19). A avaliação visa detectar alterações e lesões suspeitas da doença, bem como a devida orientação e encaminhamento dos casos.

O atendimento exclusivo na área interna do ginásio será disponibilizado ao longo das próximas três semanas, sempre durante os dias de vacinação, das 8 às 17 horas, conforme cronograma de imunização vigente. De acordo com a diretora de Atenção à Saúde, Flávia Verdugo, o objetivo é aproveitar o público-alvo da ação para garantir acesso à rápida avaliação da cavidade oral, de maneira simples e indolor.

"Neste ano, devido às normativas estipuladas pela pandemia do novo coronavírus, mudamos o formato da campanha de prevenção ao câncer bucal. O exame, que até então ocorreria paralelamente à vacinação contra a gripe, desta vez acompanha o calendário vacinal da Covid-19. O trabalho será concentrado na Arena Suzano, que conta com um amplo espaço para a atividade, garantindo todas as condições de distanciamento mínimo entre as pessoas presentes", explicou.

O exame consiste em uma avaliação simples, rápida e indolor, mas capaz de detectar alterações importantes da cavidade oral ainda em estágio inicial.

Além da avaliação com um profissional, o paciente também deve ficar atento e relatar os sintomas em caso de lesões que não cicatrizam por mais de 15 dias, manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca ou bochecha, nódulos no pescoço ou lábios, rouquidão e outros incômodos na região da boca e garganta. "Quanto mais cedo o diagnóstico, melhor o prognóstico, com grandes chances de cura. Na oportunidade, o profissional poderá analisar e orientar os munícipes sobre o eventual acompanhamento necessário, contando com o auxílio do Centro de Especialidades Odontológicas disponível no município", afirmou a diretora.

O secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, também lembrou da importância da participação dos idosos nessa ação. "Sabe-se que o câncer de boca é mais recorrente em pessoas com idade acima de 50 anos. Ao longo dos próximos dias, a campanha de imunização contra a Covid-19 deve receber pessoas dentro desta faixa etária, sendo um público-alvo para o exame oral preventivo", reforçou.